23 acidentes de viação nas estradas madeirenses na última semana

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira informou em comunicado que, relativamente à sinistralidade rodoviária verificada no período compreendido entre os dias 10 e 17 de abril de 2020, ocorreram um total de 23 acidentes de viação na Região, distribuídos pelos seguintes concelhos: Funchal (13), Câmara de Lobos (2), Ribeira Brava (1), Ponta do Sol (1), Calheta (1) e Machico (5). A mesma nota acrescenta que este número de sinistros resultou num total de seis feridos ligeiros (quatro no Funchal e dois em Câmara de Lobos) e um ferido grave (Câmara de Lobos), não havendo vítimas mortais a lamentar. "Não obstante o número de acidentes ter diminuído durante a fase do Estado de Emergência em que vivemos, a Polícia de Segurança Pública aconselha a todos os condutores a prática de uma condução prudente, exortando o cumprimento pelas normas constantes dos normativos legais vigentes, com especial incidência para o respeito pelos limites de velocidade dentro e fora das localidades", refere a PSP.

23 acidentes de viação nas estradas madeirenses na última semana
O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira informou em comunicado que, relativamente à sinistralidade rodoviária verificada no período compreendido entre os dias 10 e 17 de abril de 2020, ocorreram um total de 23 acidentes de viação na Região, distribuídos pelos seguintes concelhos: Funchal (13), Câmara de Lobos (2), Ribeira Brava (1), Ponta do Sol (1), Calheta (1) e Machico (5). A mesma nota acrescenta que este número de sinistros resultou num total de seis feridos ligeiros (quatro no Funchal e dois em Câmara de Lobos) e um ferido grave (Câmara de Lobos), não havendo vítimas mortais a lamentar. "Não obstante o número de acidentes ter diminuído durante a fase do Estado de Emergência em que vivemos, a Polícia de Segurança Pública aconselha a todos os condutores a prática de uma condução prudente, exortando o cumprimento pelas normas constantes dos normativos legais vigentes, com especial incidência para o respeito pelos limites de velocidade dentro e fora das localidades", refere a PSP.