“A Madeira tem tudo, mas faltam mais aviões”

Portugal, e a Madeira em específico, “estão no bom caminho”, mas a carga fiscal e os incentivos às empresas são alguns dos aspetos a melhorar, consideram os empresários que fazem parte da primeira mesa redonda desta tarde, no II Encontro Intercalar...

“A Madeira tem tudo, mas faltam mais aviões”
Portugal, e a Madeira em específico, “estão no bom caminho”, mas a carga fiscal e os incentivos às empresas são alguns dos aspetos a melhorar, consideram os empresários que fazem parte da primeira mesa redonda desta tarde, no II Encontro Intercalar de Investidores da Diáspora. Foi esse um dos principais reparos dos empresários madeirenses que trabalham no estrangeiro, além das reivindicações por mais promoção e mais ligações aéreas. “A Madeira tem tudo, mas faltam mais aviões”, disse a estilista Fátima Lopes. “Temos hotéis, temos ótimas infraestruturas, temos todas as condições, mas o que falta à Madeira são mais voos.” Também José Silva, empresário da área da restauração em Inglaterra, considerou que mais ligações aéreas seriam positivas, e teceu duras críticas à TAP. “Não se admite que a TAP não viaje diretamente de Londres para a Madeira”, disse. “É uma falta de respeito pelos madeirenses que lá vivem.” Ideia partilhada ainda por Egídio Cardoso, que lamentou que não existam voos diretos de entre a Madeira e a Cidade do Cabo.