Acesso gratuito à edição digital do JM até ao final deste mês

Os Assinantes da edição digital do JM Madeira, que subscreveram esse serviço gratuito durante a pandemia covid-19, vão continuar a usufruir dessa gratuitidade até ao final do mês de maio. Também ainda é possível, dentro deste prazo, fazer novas subscrições para aceder à edição impressa, através da nossa plataforma digital, sem qualquer custo, através do seguinte link: (https://www.jm-madeira.pt/registo_assinante?promo=JMCOVID19). A decisão da EJM surge após algumas dúvidas colocadas por diversos Assinantes, também devido ao facto de outras publicações já terem encerrado o período de acesso livre às suas edições. Os acionistas e a administração da EJM decidiram que o acesso livre deve continuar até 31 de maio, mantendo as razões que levaram o nosso jornal a um esforço-extra para ‘libertar’ a edição paga durante a pandemia. Até ao final do mês os cerca de dois milhares de novos Assinantes com subscrição gratuita serão sensibilizados a manterem as suas assinaturas, mediante uma proposta altamente vantajosa. Considera a administração da EJM que é importante que a sociedade em geral contribua, de alguma forma, para que esta empresa jornalística possa continuar a sua atividade numa área muito sensível como é a Comunicação Social – que a exemplo de outros setores empresariais também já está mergulhada numa profunda crise, com a quebra abrupta de receitas publicitárias. A administração da EJM aproveita ainda esta comunicação para agradecer aos Assinantes pagantes, quer da edição impressa com distribuição ao domicílio, quer da edição Online, bem como aos Leitores que diariamente continuam a procurar a edição JM em papel em quiosques, tabacarias, supermercados e outros postos de venda. “Aguardamos sinceramente que novos Assinantes e novos compradores dia-a-dia possam seguir este exemplo como forma de contribuírem ativamente para o exercício da Liberdade de Imprensa”, acrescenta a administração da EJM.

Os Assinantes da edição digital do JM Madeira, que subscreveram esse serviço gratuito durante a pandemia covid-19, vão continuar a usufruir dessa gratuitidade até ao final do mês de maio. Também ainda é possível, dentro deste prazo, fazer novas subscrições para aceder à edição impressa, através da nossa plataforma digital, sem qualquer custo, através do seguinte link: (https://www.jm-madeira.pt/registo_assinante?promo=JMCOVID19). A decisão da EJM surge após algumas dúvidas colocadas por diversos Assinantes, também devido ao facto de outras publicações já terem encerrado o período de acesso livre às suas edições. Os acionistas e a administração da EJM decidiram que o acesso livre deve continuar até 31 de maio, mantendo as razões que levaram o nosso jornal a um esforço-extra para ‘libertar’ a edição paga durante a pandemia. Até ao final do mês os cerca de dois milhares de novos Assinantes com subscrição gratuita serão sensibilizados a manterem as suas assinaturas, mediante uma proposta altamente vantajosa. Considera a administração da EJM que é importante que a sociedade em geral contribua, de alguma forma, para que esta empresa jornalística possa continuar a sua atividade numa área muito sensível como é a Comunicação Social – que a exemplo de outros setores empresariais também já está mergulhada numa profunda crise, com a quebra abrupta de receitas publicitárias. A administração da EJM aproveita ainda esta comunicação para agradecer aos Assinantes pagantes, quer da edição impressa com distribuição ao domicílio, quer da edição Online, bem como aos Leitores que diariamente continuam a procurar a edição JM em papel em quiosques, tabacarias, supermercados e outros postos de venda. “Aguardamos sinceramente que novos Assinantes e novos compradores dia-a-dia possam seguir este exemplo como forma de contribuírem ativamente para o exercício da Liberdade de Imprensa”, acrescenta a administração da EJM.