Air Cargo estreia viagem triangular entre a Madeira, os Açores e Lisboa

A TAP Air Cargo estreia hoje uma viagem triangular Lisboa-Funchal-Ponta Delgada-Lisboa. A operação, que prevê operar pelo menos três frequências semanais, vai ser realizada com um A321 Preighter, o aparelho de maior capacidade da frota Narrow Body, que disponibiliza, entre cabina (sem cadeiras) e porão, cerca de 100MC/22 Toneladas de Payload. Esta transformação pretende reforçar a capacidade para as ilhas da Madeira e dos Açores com voos triangulares. “O nosso objetivo é sermos os principais parceiros dos exportadores madeirenses ajudando-os a levar os seus produtos mais longe e com preços mais competitivos”, avançou ao JM-Madeira, Márcio Alves. O responsável da TAP Air Cargo na Madeira lembra que “a TAP manteve sempre, no ultimo ano e meio, um avião de maior capacidade para fazer face às necessidades dos nossos importadores e exportadores”, apesar da redução de cerca de 90% dos voos de passageiros entre o continente e a Madeira. “Ainda assim, e com este decréscimo de capacidades, durante o período pandémico, a TAP Air Cargo transportou à saída da Madeira cerca de 1400 toneladas de carga”, sublinha Márcio Alves. A TAP Air Cargo disponibiliza atualmente uma oferta regular, à saída de Lisboa, de 30 a 35 voos Cargo Only por semana, utilizando não só os “Preighters Wide Body ” como também aviões de passageiros, mas sem passageiros, com apenas carga no porão. Brasil, EUA, Venezuela, Colômbia, Angola e Moçambique são os principais mercados. “Entre estes mercados, destaque para a Venezuela com envios de cerca de 1300kgs semanais (carga Courier) e os Estados Unidos com cerca de 100kgs semanais (Bordado e Vinho Madeira) que são os principais destinos além Portugal Continental”, refere ainda Márcio Alves. O porta-voz da Air Cargo aproveita a oportunidade para reforçar “enorme orgulho que a empresa tem em ser a única companhia aérea a fazer o transporte das vacinas Covid-19 para a Madeira” e regozija-se pelo “espírito de missão que acompanha a companhia desde o início desta situação pandémica”.

Air Cargo estreia viagem triangular entre a Madeira, os Açores e Lisboa
A TAP Air Cargo estreia hoje uma viagem triangular Lisboa-Funchal-Ponta Delgada-Lisboa. A operação, que prevê operar pelo menos três frequências semanais, vai ser realizada com um A321 Preighter, o aparelho de maior capacidade da frota Narrow Body, que disponibiliza, entre cabina (sem cadeiras) e porão, cerca de 100MC/22 Toneladas de Payload. Esta transformação pretende reforçar a capacidade para as ilhas da Madeira e dos Açores com voos triangulares. “O nosso objetivo é sermos os principais parceiros dos exportadores madeirenses ajudando-os a levar os seus produtos mais longe e com preços mais competitivos”, avançou ao JM-Madeira, Márcio Alves. O responsável da TAP Air Cargo na Madeira lembra que “a TAP manteve sempre, no ultimo ano e meio, um avião de maior capacidade para fazer face às necessidades dos nossos importadores e exportadores”, apesar da redução de cerca de 90% dos voos de passageiros entre o continente e a Madeira. “Ainda assim, e com este decréscimo de capacidades, durante o período pandémico, a TAP Air Cargo transportou à saída da Madeira cerca de 1400 toneladas de carga”, sublinha Márcio Alves. A TAP Air Cargo disponibiliza atualmente uma oferta regular, à saída de Lisboa, de 30 a 35 voos Cargo Only por semana, utilizando não só os “Preighters Wide Body ” como também aviões de passageiros, mas sem passageiros, com apenas carga no porão. Brasil, EUA, Venezuela, Colômbia, Angola e Moçambique são os principais mercados. “Entre estes mercados, destaque para a Venezuela com envios de cerca de 1300kgs semanais (carga Courier) e os Estados Unidos com cerca de 100kgs semanais (Bordado e Vinho Madeira) que são os principais destinos além Portugal Continental”, refere ainda Márcio Alves. O porta-voz da Air Cargo aproveita a oportunidade para reforçar “enorme orgulho que a empresa tem em ser a única companhia aérea a fazer o transporte das vacinas Covid-19 para a Madeira” e regozija-se pelo “espírito de missão que acompanha a companhia desde o início desta situação pandémica”.