AITRAM ameaça com protesto firme contra a Uber na Madeira a partir de hoje

É a primeira reação à notícia que faz a manchete de hoje do JM: a Uber entra na Madeira justamente esta quinta-feira.   O presidente da Associação dos Industriais de Táxi, António Loreto, admite repetir na Madeira o mesmo tipo de protesto que...

AITRAM ameaça com protesto firme contra a Uber na Madeira a partir de hoje
É a primeira reação à notícia que faz a manchete de hoje do JM: a Uber entra na Madeira justamente esta quinta-feira.   O presidente da Associação dos Industriais de Táxi, António Loreto, admite repetir na Madeira o mesmo tipo de protesto que houve em Lisboa contra a Uber. Na altura, até confrontos físicos houve. Reagir e lutar para manter os postos de trabalho. Esta é a intenção do presidente da AITRAM manifestada esta manhã aos microfones da rádio 88.8 JMFM em reação à manchet edo JM que dá como certa que a aplicação Uber fica disponível aos madeirenses justamente a partir de hoje. Essa foi a garantia dada ontem pela empresa ao Jornal, conforme pode ler na nossa edição impressa de hoje. António Loreto diz que a AITRAM está em contacto com as autoridades regionais e que são os governantes que devem pensar e "deitar a mão" aos taxistas. Recorda que em termos de lutas judiciais a Associação não tem grandes esperanças, como mostra uma providência cautelar sobre a questão do Aeroporto da Madeira que está por resolver há cerca de 15 anos, disse esta manhã António Loreto à 88.8 JMFM.