AMRAM denuncia autoritarismo do Governo Regional

A Associação de Municípios da Madeira está solidária com a Câmara do Funchal contra o "autoritarismo" do Governo Regional para com o poder local. A condenação é assumida, ao JM, pelo presidente da AMRAM. Ricardo Nascimento acaba de acrescentar...

AMRAM denuncia autoritarismo do Governo Regional
A Associação de Municípios da Madeira está solidária com a Câmara do Funchal contra o "autoritarismo" do Governo Regional para com o poder local. A condenação é assumida, ao JM, pelo presidente da AMRAM. Ricardo Nascimento acaba de acrescentar ao Jornal que a atitude do Governo Regional ao expropriar a Placa Central e ruas adjacentes até ao final de janeiro por causa do 'Mercadinho de Natal' configura um caso de "autoritarismo" de que discorda. Adianta ainda o autarca - que foi eleito presidente da Câmara da Ribeira Brava pelo PSD em 2013 e como independente em 2017 - que o caso vai ser abordado de forma mais profunda numa reunião da AMRAM. Esse encontro não tem ainda data marcada, mas é ponto assente que a polémica estará em cima da mesa numa lógica de defesa do poder local.