Andebol feminino regressa sábado

Madeira SAD e Sports Madeira vão realizar quatro jogos do campeonato da Liga Feminina e um da Taça de Portugal a meio da próxima semana e, num curto espaço de tempo, quer na qualidade de visitantes como de visitados. Ambas as formações madeirenses vão concentrar-se no norte do País a partir do próximo sábado e vão cumprir os jogos que estão ainda por realizar-se, que é como quem diz, em atraso.As partidas estão já agendadas no calendário da Federação Portuguesa, organismo que determinou, recorde-se, que até ao final do presente mês de março todas as equipas, incluindo as da Madeira, terão de disputar os jogos para acerto de calendário.Assim, tanto António Florido (Madeira SAD), como Marco Freitas (Sports Madeira) vão tentar impor um ritmo competitivo elevado no sentido de recolocarem as suas equipas a caminho dos objetivos traçados no início da temporada.O Madeira SAD pretende manter-se na luta pelas primeiras posições, e ao segundo jogo, após a retoma, vai defrontar o Colégio de Gaia, o atual campeão em título.Já no que diz respeito à equipa de Marco Freitas, a manutenção é o objetivo principal e esta retoma competitiva poderá ser determinante para os objetivos finais.É certo que as equipas não pararam durante este longo período de interregno, no entanto, resta saber como se irão comportar neste reinício do campeonatoÉ desafiante e só não merece reparo devido à situação excecional que Portugal atravessa, devido à pandemia da Covid-19, situação que obriga a todos a esforços redobrados, ainda mais para as equipas da Região tendo em conta a insularidade.Ambas as formações estão empenhadas no regresso à competição aguardando por uma retoma de sucesso. Ainda assim, ressalve-se que os jogos seguintes ainda vão serão reagendados, pairando a possibilidade de os conjuntos madeirenses ainda poderem fazer algumas das jornadas no Funchal.

Andebol feminino regressa sábado
Madeira SAD e Sports Madeira vão realizar quatro jogos do campeonato da Liga Feminina e um da Taça de Portugal a meio da próxima semana e, num curto espaço de tempo, quer na qualidade de visitantes como de visitados. Ambas as formações madeirenses vão concentrar-se no norte do País a partir do próximo sábado e vão cumprir os jogos que estão ainda por realizar-se, que é como quem diz, em atraso.As partidas estão já agendadas no calendário da Federação Portuguesa, organismo que determinou, recorde-se, que até ao final do presente mês de março todas as equipas, incluindo as da Madeira, terão de disputar os jogos para acerto de calendário.Assim, tanto António Florido (Madeira SAD), como Marco Freitas (Sports Madeira) vão tentar impor um ritmo competitivo elevado no sentido de recolocarem as suas equipas a caminho dos objetivos traçados no início da temporada.O Madeira SAD pretende manter-se na luta pelas primeiras posições, e ao segundo jogo, após a retoma, vai defrontar o Colégio de Gaia, o atual campeão em título.Já no que diz respeito à equipa de Marco Freitas, a manutenção é o objetivo principal e esta retoma competitiva poderá ser determinante para os objetivos finais.É certo que as equipas não pararam durante este longo período de interregno, no entanto, resta saber como se irão comportar neste reinício do campeonatoÉ desafiante e só não merece reparo devido à situação excecional que Portugal atravessa, devido à pandemia da Covid-19, situação que obriga a todos a esforços redobrados, ainda mais para as equipas da Região tendo em conta a insularidade.Ambas as formações estão empenhadas no regresso à competição aguardando por uma retoma de sucesso. Ainda assim, ressalve-se que os jogos seguintes ainda vão serão reagendados, pairando a possibilidade de os conjuntos madeirenses ainda poderem fazer algumas das jornadas no Funchal.