Arguidos de alegada rede de tráfico de droga conhecem acórdão a 23 de outubro

O tribunal de Instância Central da Comarca da Madeira agendou para 23 de outubro a leitura do acórdão no julgamento de uma rede de tráfico de haxixe, processo em que são acusados 24 arguidos, cinco dos quais estão em prisão preventiva. Esta...

Arguidos de alegada rede de tráfico de droga conhecem acórdão a 23 de outubro
O tribunal de Instância Central da Comarca da Madeira agendou para 23 de outubro a leitura do acórdão no julgamento de uma rede de tráfico de haxixe, processo em que são acusados 24 arguidos, cinco dos quais estão em prisão preventiva. Esta manhã, o coletivo de juízes ouviu as alegações finais, tendo o Ministério Público pedido a condenação por tráfico agravado dos principais arguidos. “Julgo que foi feita prova e não pode haver dúvidas” dos factos da acusação e “terão ficado provados a generalidade dos factos”, disse Paulo Oliveira, procurador geral adjunto do Tribunal da Comarca da Madeira, durante as alegações finais do julgamento, no Funchal.