Arranca 3ª edição do Madeira Startup Retreat com 28 países envolvidos

O início da tarde marcou o arranque da terceira edição do Madeira Startup Retreat que ao longo das próximas 6 semanas vai reunir, no Colégio dos Jesuítas, 11 países de 13 nacionalidades diferentes, num total de 33 jovens empreendedores. Para...

Arranca 3ª edição do Madeira Startup Retreat com 28 países envolvidos
O início da tarde marcou o arranque da terceira edição do Madeira Startup Retreat que ao longo das próximas 6 semanas vai reunir, no Colégio dos Jesuítas, 11 países de 13 nacionalidades diferentes, num total de 33 jovens empreendedores. Para quem não sabe o que é uma Startup, não se preocupe porque Micaela Vieira, gestora do projeto Madeira Startup Retreat, explicou ao JM. “Uma Startup é uma empresa, uma ideia de negócio que esteja a surgir e em face de crescimento. Foi alguém que recentemente teve uma ideia de negócio e que agora está a começar a escalar e a reproduzir a ideia”.  O programa começou em 2018, desenvolvido pela Startup Madeira e pelo Turismo de Portugal, em parceria com a NOVA SBE. O objetivo é acolher na Região, várias startups internacionais e nacionais, que visam explorar, partilhar e potenciar os seus negócios na ilha.  Falada apenas em inglês, a iniciativa está estruturada por temáticas e ao longo do programa, os participantes vão contar com oito workshops, sessões de mentiria, palestras e muitos outras sessões, que vão aturar na área do turismo e lazer. “A ideia é trazer para a Região estes startups de diversos pontos do mundo, para que possam vir à Madeira, que só por si já é o ex-libris de Turismo, e podem também aproveitar estas semanas para pensar no negócio e trabalhar em conjunto com mentores” informou Micaela Vieira ao Jornal. Está terceira edição contou com 44 inscrições, num número recorde de 28 países envolvidos.  Desde 2018, o programa já reuniu um total de 29 startups internacionais, 40 mentores e 93 empreendedores.