Ator Flávio Migliaccio deixa carta de despedida: "Me desculpem, mas não deu mais"

Na última segunda-feira, 4 de maio, o ator brasileiro Flávio Migliaccio foi encontrado sem vida, pelo caseiro que cuidava da sua quinta onde vivia, no Rio de Janeiro. O advogado da família, Sylvio Guerra, confirmou hoje, no Instagram, que o ator se suicidou, deixando uma nota que está a comover o Brasil inteiro. "Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este. E com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje! Flávio“, diz parte da carta publicada em vários órgãos de comunicação social brasileiros.  Para além da carta circularam também fotografias do corpo do ator no local onde foi encontrado. Esta madrugada, o advogado do ator, Sylvio Guerra publicou no Instagram que pretendia tomar as medidas judiciais contra os polícias que fotografaram o corpo do ator.  “Foi uma violência, um desrespeito! Estarei tomando todas às medidas judiciais cabíveis em face de dois Agentes do Estado, dois Policiais Militares, que divulgaram foto de meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto após suicidar-se”, escreveu o advogado.

Ator Flávio Migliaccio deixa carta de despedida: "Me desculpem, mas não deu mais"
Na última segunda-feira, 4 de maio, o ator brasileiro Flávio Migliaccio foi encontrado sem vida, pelo caseiro que cuidava da sua quinta onde vivia, no Rio de Janeiro. O advogado da família, Sylvio Guerra, confirmou hoje, no Instagram, que o ator se suicidou, deixando uma nota que está a comover o Brasil inteiro. "Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este. E com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje! Flávio“, diz parte da carta publicada em vários órgãos de comunicação social brasileiros.  Para além da carta circularam também fotografias do corpo do ator no local onde foi encontrado. Esta madrugada, o advogado do ator, Sylvio Guerra publicou no Instagram que pretendia tomar as medidas judiciais contra os polícias que fotografaram o corpo do ator.  “Foi uma violência, um desrespeito! Estarei tomando todas às medidas judiciais cabíveis em face de dois Agentes do Estado, dois Policiais Militares, que divulgaram foto de meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto após suicidar-se”, escreveu o advogado.