Bebé e jovem morrem em colisão rodoviária em Santiago do Cacém

Um bebé e um jovem morreram hoje e outras duas pessoas sofreram ferimentos graves na sequência de uma colisão entre dois automóveis no concelho de Santiago do Cacém (Setúbal), disseram fontes da Proteção Civil e da GNR. Fonte da GNR precisou à agência Lusa que as vítimas mortais são um menino, com cerca de três meses, e um jovem de 17 anos. A mesma fonte adiantou que ficaram feridos com gravidade uma mulher de 40 anos e um rapaz de 12, tendo ambos sido transportados para o Hospital de São Bernardo, em Setúbal. Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal os dois óbitos foram declarados no local. O acidente ocorreu na Estrada Nacional 261, entre Alvalade e São Domingos, de acordo com a GNR. O alerta, segundo o CDOS, foi dado às 13h47. Foram mobilizados bombeiros e veículos das corporações de Santiago do Cacém e de Alvalade, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano, elementos do Serviço Municipal de Proteção Civil e psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), além da GNR, num total de  30 elementos, apoiados por 13 veículos. Foi também mobilizado um helicóptero do INEM, mas não chegou a ser utilizado.

Bebé e jovem morrem em colisão rodoviária em Santiago do Cacém
Um bebé e um jovem morreram hoje e outras duas pessoas sofreram ferimentos graves na sequência de uma colisão entre dois automóveis no concelho de Santiago do Cacém (Setúbal), disseram fontes da Proteção Civil e da GNR. Fonte da GNR precisou à agência Lusa que as vítimas mortais são um menino, com cerca de três meses, e um jovem de 17 anos. A mesma fonte adiantou que ficaram feridos com gravidade uma mulher de 40 anos e um rapaz de 12, tendo ambos sido transportados para o Hospital de São Bernardo, em Setúbal. Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal os dois óbitos foram declarados no local. O acidente ocorreu na Estrada Nacional 261, entre Alvalade e São Domingos, de acordo com a GNR. O alerta, segundo o CDOS, foi dado às 13h47. Foram mobilizados bombeiros e veículos das corporações de Santiago do Cacém e de Alvalade, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano, elementos do Serviço Municipal de Proteção Civil e psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), além da GNR, num total de  30 elementos, apoiados por 13 veículos. Foi também mobilizado um helicóptero do INEM, mas não chegou a ser utilizado.