Bloco de Esquerda quer eliminação total das propinas no Ensino Superior

O Bloco de Esquerda esteve esta manhã na Universidade da Madeira, no sentido de relembrar a importância da descida das propinas e de maior investimento no Ensino Superior.    Para Ernesto Ferraz, o cabeça de lista do Bloco à Assembleia da República...

Bloco de Esquerda quer eliminação total das propinas no Ensino Superior
O Bloco de Esquerda esteve esta manhã na Universidade da Madeira, no sentido de relembrar a importância da descida das propinas e de maior investimento no Ensino Superior.    Para Ernesto Ferraz, o cabeça de lista do Bloco à Assembleia da República e atual deputado, o Bloco de Esquerda fez baixar as propinas em cerca de 200 Euros por ano no ensino superior e vai continuar a bater-se pela redução e eliminação total das propinas, para que todos tenham liberdade de acesso ao ensino superior, independentemente do seu nível de rendimento. O Bloco tudo fará para baixar até zero as propinas na próxima legislatura – até 2023. O partido defende ainda um modelo de financiamento plurianual para as universidades, para garantir maior estabilidade na vida das instituições e poderem programar os anos seguintes. O Bloco defende que o orçamento para as universidades da Madeira e dos Açores seja majorado, atendendo aos custos acrescidos que estas enfrentam decorrentes da insularidade. “Defendemos igualmente maior investimento em residências universitárias na Madeira e em todo o país, respondendo assim ao crescimento dos preços dos alojamentos”, defende ainda, invocando ainda a precariedade como um flagelo a combater no ensino superior e toda a administração pública.