Brasil oferece ajuda ao Paraguai para capturar prisioneiros em fuga

 O ministro brasileiro da Justiça, Sergio Moro, ofereceu hoje apoio às autoridades do Paraguai para capturar os 75 detidos que fugiram de uma prisão localizada perto da fronteira com o Brasil. “Estamos disponíveis para ajudar o Paraguai na...

Brasil oferece ajuda ao Paraguai para capturar prisioneiros em fuga
 O ministro brasileiro da Justiça, Sergio Moro, ofereceu hoje apoio às autoridades do Paraguai para capturar os 75 detidos que fugiram de uma prisão localizada perto da fronteira com o Brasil. “Estamos disponíveis para ajudar o Paraguai na captura desses criminosos. O Paraguai tem sido um grande parceiro na luta contra o crime”, afirmou Sergio Moro numa mensagem na rede social Twitter. O ministro brasileiro escreveu pelo menos duas mensagens sobre a fuga dos 75 detidos da prisão do Paraguai. “Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”, afirmava na outra mensagem no Twitter. As autoridades do Paraguai anunciaram que pelo menos 75 detidos fugiram na madrugada de hoje de uma prisão localizada perto da fronteira com o Brasil, sendo que muitos dos fugitivos pertencem a um conhecido grupo de crime organizado brasileiro, o Primeiro Comando da Capital. As autoridades paraguaias adiantaram que o diretor da prisão foi demitido de imediato. Na prisão foi descoberto um túnel e celas onde estavam guardados, em alguns casos, cerca de 200 sacos cheios de terra. “Não é possível que ninguém tenha dado conta de alguma coisa ao longo de todo este tempo”, disse a ministra da Justiça, Cecilia Perez, ao canal de televisão Telefuturo. “Isto não é trabalho só para um dia ou uma noite”, acrescentou. Já o ministro do Interior, Euclides Acevedo, disse em comunicado que o túnel pode ter sido apenas uma manobra de distração para encobrir a cumplicidade dos guardas prisionais e que muitos dos presos podem ter saído pelo próprio pé e pela porta principal.