Buscas canceladas e um homem continua desaparecido

As buscas foram suspensas há instantes, devendo ser retomadas aos primeiros alvores de amanhã. A Capitania do Porto do Funchal em articulação com o Serviço Regional de Proteção Civil encetaram durante a tarde desta quinta-feira buscas por via marítima e terrestre de um turista de nacionalidade alemã junto ao cais de São Jorge, em Santana. O homem, de 24 anos, sofreu uma queda para o mar sem ter conseguido regressar a terra pelos próprios meios, encontrando-se desaparecido. Nesta ação foram empenhados vários meios, nomeadamente uma embarcação salva-vidas do SANAS-Madeira e uma da Estação Salva Vidas do Funchal, com elementos do Instituto de Socorros a Náufragos, os Bombeiros Voluntários de Santana e dois drones, um dos soldados da paz de Santana e outro do Comando Regional de Operações de Socorro do Serviço Regional de Proteção Civil. Os drones efetuaram várias buscas no local, mas, infelizmente, sem sucesso. Tendo em conta a visibilidade e as condições meteorológicas que se faziam sentir no local, as embarcações que participaram nas buscas não puderam aproximar-se da costa. O Comando Local da Polícia Marítima do Funchal está no local a participar nas buscas e tomou conta da ocorrência.  

Buscas canceladas e um homem continua desaparecido
As buscas foram suspensas há instantes, devendo ser retomadas aos primeiros alvores de amanhã. A Capitania do Porto do Funchal em articulação com o Serviço Regional de Proteção Civil encetaram durante a tarde desta quinta-feira buscas por via marítima e terrestre de um turista de nacionalidade alemã junto ao cais de São Jorge, em Santana. O homem, de 24 anos, sofreu uma queda para o mar sem ter conseguido regressar a terra pelos próprios meios, encontrando-se desaparecido. Nesta ação foram empenhados vários meios, nomeadamente uma embarcação salva-vidas do SANAS-Madeira e uma da Estação Salva Vidas do Funchal, com elementos do Instituto de Socorros a Náufragos, os Bombeiros Voluntários de Santana e dois drones, um dos soldados da paz de Santana e outro do Comando Regional de Operações de Socorro do Serviço Regional de Proteção Civil. Os drones efetuaram várias buscas no local, mas, infelizmente, sem sucesso. Tendo em conta a visibilidade e as condições meteorológicas que se faziam sentir no local, as embarcações que participaram nas buscas não puderam aproximar-se da costa. O Comando Local da Polícia Marítima do Funchal está no local a participar nas buscas e tomou conta da ocorrência.