Calado diz que é difícil reduzir mais o desemprego e fala em desinteresse dos jovens por certas áreas

Fundada em 1963, a Socipamo debate-se hoje com problemas de mão-de-obra. Numa visita às instalações da fábrica, o vice-presidente do Governo deu conta da “falta de apetência” dos jovens por esse tipo de trabalho. “Os nossos jovens quando são...

Calado diz que é difícil reduzir mais o desemprego e fala em desinteresse dos jovens por certas áreas
Fundada em 1963, a Socipamo debate-se hoje com problemas de mão-de-obra. Numa visita às instalações da fábrica, o vice-presidente do Governo deu conta da “falta de apetência” dos jovens por esse tipo de trabalho. “Os nossos jovens quando são chamados a trabalhar por turnos, sobretudo ao fim-de-semana, não mostram grande apetência por esse tipo trabalho e a grande dificuldade que esta indústria está a sentir é exactamente isso”, afirmou Pedro Calado esta manhã, dando conta da promoção de cursos de formação profissional para chamar mais juventude para esta atividade. Para o número dois do Executivo madeirense, vai ser difícil baixar mais a taxa de desemprego, atualmente nos 6,9%, apesar da redução significativa do desemprego jovem. “Há aqui uma fatia, uma percentagem que vai ser muito difícil nós baixarmos, porque os jovens hoje não têm, ou não são muito chamados, não é uma actividade apelativa, para este tipo de trabalho, mas que há trabalho, há. O mercado está carenciado”,referiu esta manhã. Pedro Calado acredita que as pessoas, em particular os jovens, interessam-se por outro tipo de curso e de formação, sobretudo na área tecnológica, mas “esta é uma área que se tem que pensar”, dado o relevo para a Região. “Os produtos que são aqui feitos, sobretudo para a área da panificação, da restauração, da pastelaria e também da hotelaria são fundamentais para manter este sector vivo e é preciso apostar na juventude nesta área”, sublinhou. A Socipamo - fundada em 1963 - e as lojas Opan são hoje uma referência no mercado regional, com 315 funcionários e 12 unidades distribuídas pela ilha.