Campeão Liverpool pode apurar-se, Mourinho regressa no comando do Tottenham

O campeão Liverpool é uma das equipas que pode qualificar-se antecipadamente para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, numa quinta jornada marcada pela estreia europeia de José Mourinho como treinador do Tottenham. O técnico...

Campeão Liverpool pode apurar-se, Mourinho regressa no comando do Tottenham
O campeão Liverpool é uma das equipas que pode qualificar-se antecipadamente para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, numa quinta jornada marcada pela estreia europeia de José Mourinho como treinador do Tottenham. O técnico português, que sucedeu a Maurício Pochettino no comando da equipa inglesa, recebe o Olympiacos, treinado compatriota Pedro Martins e na qual alinham José Sá, Rúben Semedo e Podence, na penúltima ronda do grupo B, na expectativa de acompanhar o Bayern Munique rumo aos ‘oitavos’. O heptacampeão alemão assegurou a qualificação para a fase seguinte com duas jornadas de antecedência, tal como Paris Saint-Germain (grupo A) e Juventus (grupo D), e pode receber na terça-feira a companhia do Tottenham, finalista vencido da ‘Champions’ na época passada. A nova equipa de José Mourinho, que já venceu a principal prova europeia de clubes em 2004, no FC Porto, e 2010, no Inter Milão, precisa de vencer os gregos para ficar a salvo de uma surpresa do Estrela Vermelha frente ao Bayern, mas até o empate pode ser suficiente. O Liverpool, detentor do troféu, pode ‘carimbar’ já o apuramento para os oitavos de final no agrupamento E, na receção ao Nápoles, mas a equipa do internacional português Mário Rui também pode qualificar-se e, até, ambas, dependendo do resultado do perseguidor Salzburgo na visita ao Genk. No grupo A, o apuramento do Real Madrid para ser apenas uma questão de tempo: os espanhóis têm cinco pontos de vantagem sobre o Club Brugge, apesar de terem pela frente na terça-feira o PSG, líder destacado, com um percurso 100% vitorioso nesta edição. O Manchester City, equipa dos portugueses João Cancelo e Bernardo Silva, também está a uma formalidade de confirmar a presença nos ‘oitavos’, com cinco pontos de vantagem sobre Shakhtar Donetsk e Dínamo Zagreb no topo da ‘poule’ C, em vésperas de receber o tricampeão ucraniano, treinado pelo português Luís Castro. Para o Atlético de Madrid, que já tem o avançado português João Félix recuperado de uma lesão, a vantagem de quatro pontos no agrupamento D sobre Lokomotiv Moscovo – de João Mário e Éder - e Bayer Leverkusen devem ser suficientes para acompanhar a líder Juventus e Cristiano Ronaldo. Na ‘poule’ F, o vencedor do confronto FC Barcelona-Borussia Dortmund (que poderá ser também entre os portugueses Nélson Semedo e Raphael Guerreiro), garante ao vencedor um ‘bilhete’ para os oitavos de final, com o Inter Milão, terceiro classificado, praticamente obrigado a vencer o Slavia Praga para se manter na corrida. O Leipzig está em posição privilegiada no grupo G e a receção ao Benfica pode resultar já no apuramento dos germânicos, mas também no afastamento do campeão nacional - no limite, até das provas continentais -, podendo até ser acompanhado rumo aos ‘oitavos’ pelo Lyon, que se desloca ao estádio do Zenit São Petersburgo. As contas do agrupamento H são menos óbvias, com Ajax, Chelsea e Valência empatados no topo da classificação, com os holandeses a visitarem o lanterna-vermelha Lille, na expectativa de capitalizar o confronto entre ingleses e espanhóis.