Caniço desperta com estreia do 'plogging' na Madeira

Foram duas horas de recolha, em pouco mais de cinco quilómetros e cerca de vinte e cinco participantes nesta que foi a estreia da modalidade 'plogging' na Madeira. Trata-se de uma uma modalidade desportiva/ecológica, cujo conceito nasceu na...

Caniço desperta com estreia do 'plogging' na Madeira
Foram duas horas de recolha, em pouco mais de cinco quilómetros e cerca de vinte e cinco participantes nesta que foi a estreia da modalidade 'plogging' na Madeira. Trata-se de uma uma modalidade desportiva/ecológica, cujo conceito nasceu na Suécia e traduz-se na prática de corrida ou caminhada e recolha de lixo em simultâneo, tendo como objetivo a sensibilização da população para as atitudes do quotidiano que aparentemente inofensivas são bastante nocivas ao ambiente, ficando em causa, nomeadamente a preservação da biodiversidade marinha e a nossa sobrevivência enquanto espécie a longo prazo. A iniciativa inédita, da EB1/PE do Caniço, aconteceu esta manhã. De acordo com a organização, muitos dos participantes já perguntavam quando seria a próxima, pois sentiam que "havia a necessidade de limpar e 'livrar' o nosso oceano destas novas espécies invasoras".  "Em relação aos resultados, infelizmente deixou-nos perplexos e indignados ... as beatas, são uma realidade infestante! O plástico, latas e palhinhas... marcaram presença de forma significativa", refere Milton Teixeira, presidente da Junta de Freguesia do Caniço, que organizou o evento em parceria com a EB1/PE do Caniço e com a Associação Desportiva Galomar.