CDS começa a preparar eleições autárquicas

  Rui Barreto esteve ontem, sexta-feira, 29 de maio, reunido com a estrutura local do partido em Câmara de Lobos. Um encontro onde também estiveram presentes os autarcas e dirigentes do partido e o recém-eleito presidente da Juventude Popular de Câmara de Lobos, Vítor Costa. Neste périplo pelas concelhias, para além do balanço da atividade autárquica, o presidente da comissão política regional do CDS tem procurado ouvir as bases quanto à estratégia a adotar nas eleições do próximo ano. O líder do partido sublinhou que "embora estando no Governo, o CDS tem vida própria nos concelhos" e os "os autarcas do partido têm de continuar a fazer o seu trabalho, apresentando propostas e mantendo a identidade do CDS. O partido tem vida além da ação governativa", garante Rui Barreto. Por outro lado, o também secretário regional da Economia, elogiou a capacidade revelada pelo Governo Regional, do qual o partido faz parte, para conter a propagação da Covid-19 na Região, assegurando com competência e determinação a salvaguarda da vida e da saúde de milhares de Madeirenses e Portosantenses. "A Madeira deve ter orgulho de ter um Governo que protegeu em primeiro lugar a vida das pessoas" Amílcar Figueira, vereador e presidente da concelhia, fez um balanço dos primeiros seis meses de mandato autárquico, após ter assumido em definitivo o cargo de vereador, em dezembro de 2019. O presidente da estrutura local fez uma retrospetiva "muito positiva" do trabalho que vem sendo realizado pelos eleitos do CDS, tanto na autarquia, como nas juntas de freguesia, antes e depois da pandemia e, em especial, durante a cerca sanitária imposta ao concelho. "Foi um momento difícil para todos os câmaralobenses que já se encontra ultrapassado graças ao comportamento exemplar da população e à atuação de todas as autoridades", assegurou Amílcar Figueira. Nesta reunião foi ainda aprovado o plano de atividades da concelhia para os próximos seis meses. O CDS começa, assim, o processo de mobilização do partido em todas as freguesias e concelhos da Madeira e do Porto Santo. Após se ultrapassarem as limitações impostas pelo Covid-19, o líder do CDS-Madeira fará uma ronda por todas as freguesias da Região, reunindo com os dirigentes e militantes locais, assim como com as populações, com vista a preparar o ciclo autárquico de 2021.

CDS começa a preparar eleições autárquicas
  Rui Barreto esteve ontem, sexta-feira, 29 de maio, reunido com a estrutura local do partido em Câmara de Lobos. Um encontro onde também estiveram presentes os autarcas e dirigentes do partido e o recém-eleito presidente da Juventude Popular de Câmara de Lobos, Vítor Costa. Neste périplo pelas concelhias, para além do balanço da atividade autárquica, o presidente da comissão política regional do CDS tem procurado ouvir as bases quanto à estratégia a adotar nas eleições do próximo ano. O líder do partido sublinhou que "embora estando no Governo, o CDS tem vida própria nos concelhos" e os "os autarcas do partido têm de continuar a fazer o seu trabalho, apresentando propostas e mantendo a identidade do CDS. O partido tem vida além da ação governativa", garante Rui Barreto. Por outro lado, o também secretário regional da Economia, elogiou a capacidade revelada pelo Governo Regional, do qual o partido faz parte, para conter a propagação da Covid-19 na Região, assegurando com competência e determinação a salvaguarda da vida e da saúde de milhares de Madeirenses e Portosantenses. "A Madeira deve ter orgulho de ter um Governo que protegeu em primeiro lugar a vida das pessoas" Amílcar Figueira, vereador e presidente da concelhia, fez um balanço dos primeiros seis meses de mandato autárquico, após ter assumido em definitivo o cargo de vereador, em dezembro de 2019. O presidente da estrutura local fez uma retrospetiva "muito positiva" do trabalho que vem sendo realizado pelos eleitos do CDS, tanto na autarquia, como nas juntas de freguesia, antes e depois da pandemia e, em especial, durante a cerca sanitária imposta ao concelho. "Foi um momento difícil para todos os câmaralobenses que já se encontra ultrapassado graças ao comportamento exemplar da população e à atuação de todas as autoridades", assegurou Amílcar Figueira. Nesta reunião foi ainda aprovado o plano de atividades da concelhia para os próximos seis meses. O CDS começa, assim, o processo de mobilização do partido em todas as freguesias e concelhos da Madeira e do Porto Santo. Após se ultrapassarem as limitações impostas pelo Covid-19, o líder do CDS-Madeira fará uma ronda por todas as freguesias da Região, reunindo com os dirigentes e militantes locais, assim como com as populações, com vista a preparar o ciclo autárquico de 2021.