CDS-PP vai votar contra o Orçamento da CMF 2019

O CDS afirmou em conferencia de imprensa, esta manhã, que não está a favor das propostas enunciadas no Orçamento da Camara Municipal do Funchal para 2019, sublinhando que esse não é o Orçamento do CDS, visto que as “prioridades do partido são...

CDS-PP vai votar contra o Orçamento da CMF 2019
O CDS afirmou em conferencia de imprensa, esta manhã, que não está a favor das propostas enunciadas no Orçamento da Camara Municipal do Funchal para 2019, sublinhando que esse não é o Orçamento do CDS, visto que as “prioridades do partido são muito diferentes” daquelas que são apresentadas pelo PS, na Assembleia Municipal. Gonçalo Pimenta, presidente da bancada municipal do CDS, afirma desta forma que o partido é “pela redução da carga fiscal e não pelo agravamento dos impostos para empresas” e acusa o PS de aprovar propostas “que nunca as coloca em prática”. Ressalva ainda que “o CDS não faz propaganda com as propostas dos outros partidos, como é o caso da devolução do IRS que foi uma proposta do CDS, mas que o executivo desta autarquia gosta de apresentar como sua”. O deputado municipal acusa da mesma forma, a CMF de anunciar que “vai contrair um empréstimo de 3 milhões de euros” e que para pagar a nova dívida vai propor “ aumentar a derrama em 200 porcento” que no ver do CDS vai “causar graves problemas às empresas do Funchal que lutam diariamente com tremendas dificuldade”.