CDS quer implementar ensino secundário no Caniço

O deputado do CDS, António Lopes da Fonseca, considerou esta segunda-feira, junto à Escola Básica de 2.º e 3.º Ciclos do Caniço, aconselhado pensar em implementar o Ensino Secundário na freguesia do Caniço, tendo em consideração o aumento da...

CDS quer implementar ensino secundário no Caniço
O deputado do CDS, António Lopes da Fonseca, considerou esta segunda-feira, junto à Escola Básica de 2.º e 3.º Ciclos do Caniço, aconselhado pensar em implementar o Ensino Secundário na freguesia do Caniço, tendo em consideração o aumento da população residente verificado nos últimos anos.    O CDS-PP revelou esta segunda-feira duas das várias ideias que fazem parte do programa de governo do partido para a área da Educação: a implementação do ensino secundário até ao 12.º ano de escolaridade na freguesia do Caniço, justificando a decisão com o crescente número de habitantes que, nos último anos , fixaram residência na freguesia; a possibilidade, voluntária, de os professores que atingem os 60 anos de idade poderem ficar isentos da componente letiva mantendo-se nas escolas noutras funções. "Se o povo incluir o CDS na formação do próximo Governo Regional, o CDS irá bater-se para que ao longo da próxima legislatura haja o 12.º ano de escolaridade no Caniço", anunciou esta segunda-feira o deputado António Lopes da Fonseca, durante uma ação de pré-campanha junto à escola básica de 2.º e 3.º Ciclos daquela freguesia. "Os pais, se assim entenderem, têm a possibilidade de manterem os seus filhos nesta freguesia até ao 12.º ano, que é aquela em que residem, o que poderá contribuir para a estabilidade emocional de muitos jovens, que não terão de deslocar-se para o Funchal", referiu.