Cinco portugueses nomeados para os Globe Soccer Awards

A Globe Soccer Awards divulgou, esta quarta-feira, os nomeados para todas as categorias que irá premier na gala do próximo dia 29 de dezembro, no Dubai. Cinco nomes portugueses estão na corrida aos troféus individuais, refere o Notícias ao...

Cinco portugueses nomeados para os Globe Soccer Awards
A Globe Soccer Awards divulgou, esta quarta-feira, os nomeados para todas as categorias que irá premier na gala do próximo dia 29 de dezembro, no Dubai. Cinco nomes portugueses estão na corrida aos troféus individuais, refere o Notícias ao Minuto.  Entre eles Cristiano Ronaldo (premiado na última edição) e Bernardo Silva, que concorrem ao prémio de melhor jogador. Vão concorrer com Sadio Mané, Alisson Becker, Virgil Van Dijk, Mohamed Salah (todos do Liverpool) e Lionel Messi (do Barcelona) pelo título. João Félix (do Atlético de Madrid) terá como adversários Jadon Sancho (do Borussia Dortmund), Erling Haaland (do Salzburgo), Ansu Fati (do Barcelona) e Kai Havertz (do Bayer Leverkusen) pelo prémio de jogador revelação. O selecionador Fernando Santos está nomeado para o troféu de melhor treinador do ano, concorrendo com Djamel Belmadi (da Argélia), Jurgen Klopp (do Liverpool), Massimiliano Allegri (ex-Juventus) e Erik ten Hag (do Ajax). Jorge Mendes é o quinto e último português, estando nomeado para o título de melhor empresário do ano, tendo a concorrência dos italianos Mino Raiola e Federico Pastorello. Os nomeados para todas as categorias são:  Melhor jogador do ano: Sadio Mané, Cristiano Ronaldo, Alisson Becker, Virgil Van Dijk, Bernardo Silva, Lionel Messi e Mohamed Salah. Melhor jogadora do ano: Marta Vieira da Silva, Ada Hegerbert, Alex Morgan, Lucy Bronze, Sari van Veenendaal, Megan Rapinoe e Amandine Henry. Jogador revelação: Jadon Sancho, Erling Haaland, Ansu Fati, Kai Havertz e João Félix. Melhor clube do ano: Ajax, Liverpool e Lyon (feminino). Melhor treinador do ano: Djamel Belmadi, Jurgen Klopp, Massimiliano Allegri, Erik ten Had e Fernando Santos. Melhor empresário do ano: Mino Raiola, Jorge Mendes e Federico Pastorello. Melhor diretor desportivo do ano: Andrea Berta, Michael Edwards, Eric Abidal, Igli Tare e Marc Overmars.