Cláudia Monteiro Aguiar diz que é tempo de unir esforços em prol do Turismo

A eurodeputada do PSD Cláudia Monteiro de Aguiar, que participou hoje na 144º sessão plenária da instituição para discutir a recuperação do setor do Turismo e Viagens, destacou a  a importância “de todas as instituições europeias estarem unidas para encontrar soluções tendentes a apoiar a recuperação do Turismo” sublinhando que este sector não é apenas importante para a economia dos países europeus mas, acima de tudo, “para todos aqueles que dele fazem parte, pessoas, famílias e empresas que vivem, atualmente, uma situação crítica”.   A presidente da Tourism Task Force do Grupo Popular Europeu e relatora da estratégia da União para o Turismo Sustentável sublinhou que “nenhuma região deve ficar para trás”. Por isso, vincou, “precisamos de cumprir com o tratamento diferenciado para as regiões ultraperiféricas. A sua economia frágil com constrangimentos permanentes, como a questão das acessibilidades, devem traduzir-se em apoios financeiros a estas regiões”, disse. Por último, a eurodeputada reiterou que “a recuperação da União Europeia, tal como na crise de 2009, não se fará sem o turismo, em particular em países como Portugal, Espanha, Grécia e Itália”. É crucial, notou, “que o processo de vacinação continue célere e que o certificado europeu Covid19 entre em vigor para que a recuperação do sector do turismo e viagens se inicie já este verão” Refira-se que, no debate, a convite do presidente do Comité das Regiões, Cláudia Monteiro de Aguiar ainda frisou ser tempo de colocar em prática as propostas aprovadas, pelo Parlamento Europeu, no relatório da sua autoria “Estabelecer uma estratégia da União para o turismo sustentável” e, que para isso, conta com a Comissão Europeia, o Comité das Regiões e os Estados-Membros.  

Cláudia Monteiro Aguiar  diz que é tempo de unir esforços em prol do Turismo
A eurodeputada do PSD Cláudia Monteiro de Aguiar, que participou hoje na 144º sessão plenária da instituição para discutir a recuperação do setor do Turismo e Viagens, destacou a  a importância “de todas as instituições europeias estarem unidas para encontrar soluções tendentes a apoiar a recuperação do Turismo” sublinhando que este sector não é apenas importante para a economia dos países europeus mas, acima de tudo, “para todos aqueles que dele fazem parte, pessoas, famílias e empresas que vivem, atualmente, uma situação crítica”.   A presidente da Tourism Task Force do Grupo Popular Europeu e relatora da estratégia da União para o Turismo Sustentável sublinhou que “nenhuma região deve ficar para trás”. Por isso, vincou, “precisamos de cumprir com o tratamento diferenciado para as regiões ultraperiféricas. A sua economia frágil com constrangimentos permanentes, como a questão das acessibilidades, devem traduzir-se em apoios financeiros a estas regiões”, disse. Por último, a eurodeputada reiterou que “a recuperação da União Europeia, tal como na crise de 2009, não se fará sem o turismo, em particular em países como Portugal, Espanha, Grécia e Itália”. É crucial, notou, “que o processo de vacinação continue célere e que o certificado europeu Covid19 entre em vigor para que a recuperação do sector do turismo e viagens se inicie já este verão” Refira-se que, no debate, a convite do presidente do Comité das Regiões, Cláudia Monteiro de Aguiar ainda frisou ser tempo de colocar em prática as propostas aprovadas, pelo Parlamento Europeu, no relatório da sua autoria “Estabelecer uma estratégia da União para o turismo sustentável” e, que para isso, conta com a Comissão Europeia, o Comité das Regiões e os Estados-Membros.