Comercialização de vinho 'Madeira' diminuiu em valor e quantidade

A Direção Regional de Estatísticas divugou hoje os dados relativos à comercialização de vinho, de outras bebidas alcoólicas e de bordados, concluindo que a comercialização de vinho generoso 'Madeira' diminuiu em valor e em quantidade face ao...

Comercialização de vinho 'Madeira' diminuiu em valor e quantidade
A Direção Regional de Estatísticas divugou hoje os dados relativos à comercialização de vinho, de outras bebidas alcoólicas e de bordados, concluindo que a comercialização de vinho generoso 'Madeira' diminuiu em valor e em quantidade face ao ano anterior. "Segundo os dados fornecidos pelo IVBAM – Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, I.P., em 2019, a comercialização de vinho generoso 'Madeira” rondou os 3,2 milhões de litros, gerando 18,7 milhões de euros de receitas de primeira venda. Face a 2018, observaram-se decréscimos de 6,0% e 2,9% na quantidade e em valor, respetivamente", refere a DRE em comunicado. No que respeita ao mercado nacional, 2019 apresentou uma evolução negativa nas quantidade de -1,0%, mas em valor verificou-se um aumento de +1,5%, impulsionado pelas vendas feitas para o Continente (+41,8%, em quantidade) que ultrapassaram 1,0 milhões de euros, +38,6% que no ano precedente, enquanto as efetuadas na Região, apresentaram decréscimos de 7,5% e de 5,6% em quantidade e valor, respetivamente. Por sua vez, o mercado extracomunitário registou uma redução nas quantidades vendidas (-2,0%); quanto ao valor, registou-se um aumento (+1,7%). No que diz respeito ao mercado comunitário, tanto as quantidades vendidas como as receitas de primeira venda recuaram (-9,1% e -8,7% respetivamente). No mercado comunitário, a França continua a ser o principal mercado, apesar de se observarem quebras de 16,8% nas quantidades e de 22,1% no valor, havendo a assinalar "aumentos verificados no mercado alemão, que registou crescimentos tanto nas quantidades (+24,1%) como em valor (+22,0%), bem como no mercado inglês com aumentos no volume vendido (+18,2%) e na receita gerada (+11,4%)". No mercado extracomunitário, a DRE destaca as quantidades vendidas para a China, com um crescimento de 25,2%, embora em valor tenha registado uma quebra de 12,8%. Quanto aos E.U.A., principal mercado extra-UE de vinho 'Madeira', para o qual a Região tem direcionado algumas campanhas, "reduziu as importações deste produto, em volume (-3,1%), mas aumentou em valor (+17,8%)". No que diz respeito às exportações para Canadá, Suíça e Japão "evidenciaram variações negativas face a 2018, em quantidade e valor", revela a DRE. "Do total comercializado, 74,3% correspondeu a vinho engarrafado, vendido em média a 7,02 euros/litro (6,68 euros/litro em 2018). O restante vinho foi vendido a granel a um preço médio de 2,67 euros/litro (mais 0,04 euros/litro que em 2018). No que respeita ao 4.º trimestre de 2019, a comercialização de vinho generoso 'Madeira' registou uma variação homóloga nula nas quantidades e de +11,3% no valor", conclui a DRE.