Conheça as medidas de restrição anunciadas por Albuquerque

A Madeira vai intensificar as medidas restritivas porque entende não estarem ainda reunidas as condições de segurança suficientes para conter a propagação do coronavírus. Todas entram em vigor a partir das 00h00 de 31 de março. Eis as medidas: 1 - Atividades económicas. A partir de 31 de março. Cessação de todas as atividades económicas não essenciais. 2 - Casos suspeitos. Confinamento obrigatório durante 14 dias a todos os casos suspeitos em hotéis. 3 - Número de passageiros: Redução do número de passageiros desembarcados no número máximo de 100 passageiros. Cumprirão a quarentena obrigatória de 14 dias. 4 - Reorganização do sistema de saúde. Impedida a mobilidade entre as unidades de saúde existentes para evitar a propagação. 5 - Reforço das medidas de circulação e evitar ajuntamentos de mais de duas pessoas.

Conheça as medidas de restrição anunciadas por Albuquerque
A Madeira vai intensificar as medidas restritivas porque entende não estarem ainda reunidas as condições de segurança suficientes para conter a propagação do coronavírus. Todas entram em vigor a partir das 00h00 de 31 de março. Eis as medidas: 1 - Atividades económicas. A partir de 31 de março. Cessação de todas as atividades económicas não essenciais. 2 - Casos suspeitos. Confinamento obrigatório durante 14 dias a todos os casos suspeitos em hotéis. 3 - Número de passageiros: Redução do número de passageiros desembarcados no número máximo de 100 passageiros. Cumprirão a quarentena obrigatória de 14 dias. 4 - Reorganização do sistema de saúde. Impedida a mobilidade entre as unidades de saúde existentes para evitar a propagação. 5 - Reforço das medidas de circulação e evitar ajuntamentos de mais de duas pessoas.