Coração do ex-Marítimo Joel Tagueu voltou bater sobre o relvado

Joel Tagueu, ex-Marítimo, voltou a fazer o que mais gosta. No passado sábado, entrou aos 78 minutos na vitória do Cruzeiro no reduto do Corinthians, por 1-2, depois de nas três partidas anteriores ter sido suplente não utilizado.   O avançado...

Coração do ex-Marítimo Joel Tagueu voltou bater sobre o relvado
Joel Tagueu, ex-Marítimo, voltou a fazer o que mais gosta. No passado sábado, entrou aos 78 minutos na vitória do Cruzeiro no reduto do Corinthians, por 1-2, depois de nas três partidas anteriores ter sido suplente não utilizado.   O avançado camaronês, que atuou nos verde-rubros durante época e meia por empréstimo do Cruzeiro, esteve em risco de ser obrigado a terminar a carreira devido a uma anomalia cardíaca detetada na sequência de exames médicos realizados quando se encontrava ao serviço da sua seleção, em junho passado.  Esta quarta-feira, o avançado falou pela primeira vez aos jornalistas (ver vídeo em baixo) sobre a “difícil espera” que teve de superar por “uma definição”. Durante cerca de um mês, o jogador esteve a ouvir as opiniões de vários cardiologistas. “Fico feliz que deu tudo certo. No final eu recebi o laudo [parecer médico], de nada menos do doutor Nabil [Ghorayeb], um dos cardiologistas mais reconhecidos e mais experientes nesta área do Brasil”, referiu o jogador, afirmando que todos os outros especialistas consultados concluíram que se encontrava apto para a competição.   Joel ‘o cruel’, que durante o tempo em que esteve no Marítimo atuou em 49 jogos oficiais, anotando 19 golos, deverá integrar a convocatória para o jogo de domingo entre o Cruzeiro e o Fortaleza, para a 28.ª jornada da Série A.