Coreia do Norte sem paciência para cimeiras com EUA

A Coreia do Norte advertiu hoje que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos se Washington persistir na recusa em fazer concessões, poucas horas depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, falar numa potencial...

Coreia do Norte sem paciência para cimeiras com EUA
A Coreia do Norte advertiu hoje que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos se Washington persistir na recusa em fazer concessões, poucas horas depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, falar numa potencial reunião. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final de 2019 para a apresentação de uma nova oferta de acordo. Kim Kye Gwan, um conselheiro do Ministério dos Negócios Estrangeiros norte-coreano, acusou os Estados Unidos de jogar contra o relógio “pretendendo alegar que têm feito progressos”. Horas antes, o Presidente dos Estados Unidos declarou numa mensagem endereçada ao líder norte-coreano, Kim Jong-un, publicada no Twitter, que a Coreia “deve agir rapidamente e concluir um acordo", acrescentando um “até breve!”. A mensagem no Twitter de Donald Trump é um sinal de apelo a uma nova cimeira, disse Kye Gwan, num comunicado divulgado pela agência de notícias oficial norte-coreana KCNA. "Não estamos interessados nesse tipo de discussão que não nos traga nada”, alertou o conselheiro coreano. "Não daremos ao Presidente norte-americano nada para que se possa gabar", declarou, acrescentando que Pyongyang deve ser recompensada pelos "sucessos" que Trump apresenta como suas próprias realizações. Os dois líderes políticos encontraram-se três vezes desde junho de 2018. Entretanto, as negociações entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte bloquearam desde o fracasso da cimeira em Hanói entre Trump e Kim, em fevereiro.