Coro de Câmara da Madeira suspende atividades na segunda-feira

Em virtude da situação que se vive com o Covid-19, o Coro de Câmara da Madeira (CCM) informou que vai suspender todas as suas atividades a partir desta segunda-feira, dia 16 de março e até notícia em contrário. Por tal facto, não se realizarão quaisquer ensaios, bem como os espetáculos já programados para os próximos tempos. Mais informam, que a parceria com a Banda Municipal do Funchal ‘Artistas Funchalenses’, agendada para o dia 28 de março, no Centro de Congressos da Madeira, fica adiada com data ainda a definir. Já os espetáculos previstos para a semana da Páscoa, na segunda semana de abril, em Machico, estão cancelados.   O Coro de Câmara da Madeira apela, assim, “à compreensão de todas as pessoas e entidades envolvidas, e agradece as manifestações de apoio e preocupação demonstradas por vários amigos”, deixando ainda a recomendação para que todas as pessoas “cumpram as indicações das autoridades competentes, de modo a combater e ultrapassar eficazmente este momento menos agradável da nossa vida em sociedade”.  

Coro de Câmara da Madeira suspende atividades na segunda-feira
Em virtude da situação que se vive com o Covid-19, o Coro de Câmara da Madeira (CCM) informou que vai suspender todas as suas atividades a partir desta segunda-feira, dia 16 de março e até notícia em contrário. Por tal facto, não se realizarão quaisquer ensaios, bem como os espetáculos já programados para os próximos tempos. Mais informam, que a parceria com a Banda Municipal do Funchal ‘Artistas Funchalenses’, agendada para o dia 28 de março, no Centro de Congressos da Madeira, fica adiada com data ainda a definir. Já os espetáculos previstos para a semana da Páscoa, na segunda semana de abril, em Machico, estão cancelados.   O Coro de Câmara da Madeira apela, assim, “à compreensão de todas as pessoas e entidades envolvidas, e agradece as manifestações de apoio e preocupação demonstradas por vários amigos”, deixando ainda a recomendação para que todas as pessoas “cumpram as indicações das autoridades competentes, de modo a combater e ultrapassar eficazmente este momento menos agradável da nossa vida em sociedade”.