Covid-19: 60% dos casos podiam ter sido evitados

Caso o Governo da República tivesse ordenado o fecho das fronteiras na RAM, os casos positivos eram muito menores, revelou Pedro Ramos. O Secretario regional da saúde e Proteção Civil revelou esta tarde que 60% dos casos positivos foram importados e podiam ter sido evitados caso o Governo Nacional tivesse fechado o Aeroporto Internacional da Madeira. Os restantes, adiantou, são transmissões locais. Certo é que esses 60% podiam ter sido evitados, pois as medidas do GR foram as melhores. Por isso, “não faz sentido aliviar as medidas de isolamento e de quarentena obrigatória" por agora.

Covid-19: 60% dos casos podiam ter sido evitados
Caso o Governo da República tivesse ordenado o fecho das fronteiras na RAM, os casos positivos eram muito menores, revelou Pedro Ramos. O Secretario regional da saúde e Proteção Civil revelou esta tarde que 60% dos casos positivos foram importados e podiam ter sido evitados caso o Governo Nacional tivesse fechado o Aeroporto Internacional da Madeira. Os restantes, adiantou, são transmissões locais. Certo é que esses 60% podiam ter sido evitados, pois as medidas do GR foram as melhores. Por isso, “não faz sentido aliviar as medidas de isolamento e de quarentena obrigatória" por agora.