Covid-19: Caminhada noturna em França durante confinamento acaba com 1 ferido grave

Dois jovens da região de Paris foram resgatados na noite desta sexta-feira nos Pirenéus, um deles em estado grave, após saída do confinamento imposto por França, noticia hoje a agência France Press. "À 01:00 da manhã (sábado, 00:00 de Lisboa), fomos chamados porque um homem gritava nas ruas da vila de Gavarnie (sul) dizendo que ocorreu um acidente", explica o chefe da CRS Pyrénées que faz os resgates na montanha. O capitão Julien Passeron explicou que os dois jovens, de 26 anos e originários de Trappes, na região de Paris, “deixaram a vila de Gavarnie, subindo sob os velhos teleféricos para avançarem até ao Pic du Mourgat (2,103 metros) para verem o pôr do sol". Segundo este responsável, os dois jovens tinham “apenas uma pequena lanterna a pilhas e um deles, ao descer, caiu quase 150 metros” e foi quando o amigo se dirigiu à aldeia para dar o alerta. "O acidente deve ter ocorrido entre 21:00 e 22:00 (20:00 e 21:00, hora de Lisboa), mas não chegou à vila antes da uma da manhã (meia noite de Lisboa)”, informou o capitão. Julien Passeron adiantou que um helicóptero da esquadra descolou imediatamente na tentativa de localizar a vítima, que foi encontrada por volta das 3:00 da manhã (02:00 de Lisboa). “O jovem estava em estado de hipotermia e sofria de traumatismos graves por todo o corpo, além de várias fraturas. Foi transportado rapidamente para o hospital para uma intervenção cirúrgica e a sua vida não esteve em perigo”, esclareceu. "É um milagre. Duas horas mais tarde e já não seria possível a sua recuperação", afirmou o Julien Passeron. O capitão acrescentou que, segundo os jovens, “estavam a fazer um confinamento turístico, uma espécie de 'Volta à França do confinamento' em que, aparentemente, tinham de ir até à Duna de Pilat (a sudoeste), depois para Biarritz (sudoeste) e finalmente para Gavarnie”. “Aproveitaram o confinamento e as férias", acrescentou Passeron, referindo que os dois foram multados em 135 euros cada um.

Dois jovens da região de Paris foram resgatados na noite desta sexta-feira nos Pirenéus, um deles em estado grave, após saída do confinamento imposto por França, noticia hoje a agência France Press. "À 01:00 da manhã (sábado, 00:00 de Lisboa), fomos chamados porque um homem gritava nas ruas da vila de Gavarnie (sul) dizendo que ocorreu um acidente", explica o chefe da CRS Pyrénées que faz os resgates na montanha. O capitão Julien Passeron explicou que os dois jovens, de 26 anos e originários de Trappes, na região de Paris, “deixaram a vila de Gavarnie, subindo sob os velhos teleféricos para avançarem até ao Pic du Mourgat (2,103 metros) para verem o pôr do sol". Segundo este responsável, os dois jovens tinham “apenas uma pequena lanterna a pilhas e um deles, ao descer, caiu quase 150 metros” e foi quando o amigo se dirigiu à aldeia para dar o alerta. "O acidente deve ter ocorrido entre 21:00 e 22:00 (20:00 e 21:00, hora de Lisboa), mas não chegou à vila antes da uma da manhã (meia noite de Lisboa)”, informou o capitão. Julien Passeron adiantou que um helicóptero da esquadra descolou imediatamente na tentativa de localizar a vítima, que foi encontrada por volta das 3:00 da manhã (02:00 de Lisboa). “O jovem estava em estado de hipotermia e sofria de traumatismos graves por todo o corpo, além de várias fraturas. Foi transportado rapidamente para o hospital para uma intervenção cirúrgica e a sua vida não esteve em perigo”, esclareceu. "É um milagre. Duas horas mais tarde e já não seria possível a sua recuperação", afirmou o Julien Passeron. O capitão acrescentou que, segundo os jovens, “estavam a fazer um confinamento turístico, uma espécie de 'Volta à França do confinamento' em que, aparentemente, tinham de ir até à Duna de Pilat (a sudoeste), depois para Biarritz (sudoeste) e finalmente para Gavarnie”. “Aproveitaram o confinamento e as férias", acrescentou Passeron, referindo que os dois foram multados em 135 euros cada um.