Covid-19: Hospital da Luz Funchal disponibiliza-se para colaborar com o SESARAM

O Hospital da Luz Funchal, em comunicado, afirma estar preparado para colaborar com o Serviço Regional da Saúde da Madeira (SESARAM), pondo à disposição das autoridades de saúde regionais a sua capacidade para atender doentes "não Covid-19", nomeadamente na realização de cirurgias urgentes e cirurgias eletivas e de exames de diagnóstico por imagem.  "O Grupo Luz Saúde tem feito um forte investimento em obras de remodelação da sua unidade no Funchal, desde que adquiriu a Clínica de Santa Cataria, apostando na renovação das áreas de internamento, bloco operatório, sala de esterilização, consultórios e imagiologia, além dos espaços para clientes. O Hospital da Luz Funchal está hoje totalmente requalificado, respeitando os mais elevados padrões de qualidade, que caracterizam as restantes Unidades do Grupo Luz Saúde", lê-se na referida nota enviada ao JM.  No contexto da pandemia da Covid-19, asseguram que procederam "a uma reestruturação da sua atividade e reorganizou as suas diferentes áreas, para estar preparado para responder às necessidades da população da Região, em particular dos seus doentes e profissionais, adotando 2 práticas essenciais à proteção de todos os que aqui trabalham e de quem continua a necessitar dos nossos cuidados de saúde. O mesmo aconteceu no Hospital da Luz Clínica do Caniço (HLCC)".    Assim, e seguindo as orientações adotadas em todo o Grupo Luz Saúde, da Direção Geral da Saúde e do IASAUDE, o Hospital da Luz informa que "foram implementadas medidas de segurança, como o condicionamento da atividade eletiva não urgente (consultas, exames e cirurgias não prioritárias), não deixando, contudo, de assegurar que os doentes seguidos na Rede Hospital da Luz mantêm a resposta de que precisam ao nível dos seus tratamentos, vigilância das suas doenças crónicas, diagnósticos urgentes para doenças graves, entre outros".    Na sequência da adoção destas medidas, o Hospital da Luz Funchal manifestou, deste modo, a sua disponibilidade para colaborar com o SESARAM como unidade "Covid-19 free, através, nomeadamente, da sua capacidade para atender doentes nas restantes patologias para cirurgias urgentes e eletivas e para exames de diagnóstico por imagem. Para o efeito, os pedidos para marcação de novas consultas e exames são avaliados pelos nossos médicos, que identificarão caso a caso os critérios clínicos que poderão justificar o agendamento da cirurgia ou exame".   

Covid-19: Hospital da Luz Funchal disponibiliza-se para colaborar com o SESARAM
O Hospital da Luz Funchal, em comunicado, afirma estar preparado para colaborar com o Serviço Regional da Saúde da Madeira (SESARAM), pondo à disposição das autoridades de saúde regionais a sua capacidade para atender doentes "não Covid-19", nomeadamente na realização de cirurgias urgentes e cirurgias eletivas e de exames de diagnóstico por imagem.  "O Grupo Luz Saúde tem feito um forte investimento em obras de remodelação da sua unidade no Funchal, desde que adquiriu a Clínica de Santa Cataria, apostando na renovação das áreas de internamento, bloco operatório, sala de esterilização, consultórios e imagiologia, além dos espaços para clientes. O Hospital da Luz Funchal está hoje totalmente requalificado, respeitando os mais elevados padrões de qualidade, que caracterizam as restantes Unidades do Grupo Luz Saúde", lê-se na referida nota enviada ao JM.  No contexto da pandemia da Covid-19, asseguram que procederam "a uma reestruturação da sua atividade e reorganizou as suas diferentes áreas, para estar preparado para responder às necessidades da população da Região, em particular dos seus doentes e profissionais, adotando 2 práticas essenciais à proteção de todos os que aqui trabalham e de quem continua a necessitar dos nossos cuidados de saúde. O mesmo aconteceu no Hospital da Luz Clínica do Caniço (HLCC)".    Assim, e seguindo as orientações adotadas em todo o Grupo Luz Saúde, da Direção Geral da Saúde e do IASAUDE, o Hospital da Luz informa que "foram implementadas medidas de segurança, como o condicionamento da atividade eletiva não urgente (consultas, exames e cirurgias não prioritárias), não deixando, contudo, de assegurar que os doentes seguidos na Rede Hospital da Luz mantêm a resposta de que precisam ao nível dos seus tratamentos, vigilância das suas doenças crónicas, diagnósticos urgentes para doenças graves, entre outros".    Na sequência da adoção destas medidas, o Hospital da Luz Funchal manifestou, deste modo, a sua disponibilidade para colaborar com o SESARAM como unidade "Covid-19 free, através, nomeadamente, da sua capacidade para atender doentes nas restantes patologias para cirurgias urgentes e eletivas e para exames de diagnóstico por imagem. Para o efeito, os pedidos para marcação de novas consultas e exames são avaliados pelos nossos médicos, que identificarão caso a caso os critérios clínicos que poderão justificar o agendamento da cirurgia ou exame".