Covid-19: Mais 178 novos casos elevam para 24.300 as infeções em Angola

Angola registou 178 novos casos de covid-19, um óbito e 373 recuperados nas últimas 24 horas, elevando para 24.300 o número de infeções, 561 mortes e 22.576 recuperações desde o início da pandemia, informaram hoje as autoridades sanitárias. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde, os novos casos foram reportados em Luanda (172), Huíla (quatro) e Huambo (dois), com idades entre quatro meses e 92 anos, sendo 123 do sexo masculino e 55 do sexo feminino. O óbito registado nas últimas 24 horas é referente a um cidadão angolano, de 54 anos, da província da Huíla. Relativamente às recuperações, a Direção Nacional de Saúde de Angola indica que 360 foram reportadas em Luanda, três no Cuanza Sul, duas no Bengo, igual número em Benguela e na Huíla, uma no Cunene, o mesmo número em Malanje, no Uíje e no Zaire, com idades de um e 87 anos. O país tem ativos 1.163 casos, dos quais seis doentes críticos, 13 graves, 61 moderados, 43 leves e 1.040 assintomáticos, estando internadas 123 pessoas, em quarentena institucional 47 e sob vigilância epidemiológica 1.301 contactos. Nas últimas 24 horas, os laboratórios processaram 1.934 amostras por RT-PCR, sendo o cumulativo de 469.747 amostras processadas até à data, com uma taxa de positividade de 5.2%. Nos pontos de entrada e saída de Luanda, as autoridades sanitárias procederam à testagem de 937 pessoas com testes rápidos serológicos, com o complemento do antigénio nos casos reativos. A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.987.891 mortos no mundo, resultantes de mais de 139 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Covid-19: Mais 178 novos casos elevam para 24.300 as infeções em Angola
Angola registou 178 novos casos de covid-19, um óbito e 373 recuperados nas últimas 24 horas, elevando para 24.300 o número de infeções, 561 mortes e 22.576 recuperações desde o início da pandemia, informaram hoje as autoridades sanitárias. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde, os novos casos foram reportados em Luanda (172), Huíla (quatro) e Huambo (dois), com idades entre quatro meses e 92 anos, sendo 123 do sexo masculino e 55 do sexo feminino. O óbito registado nas últimas 24 horas é referente a um cidadão angolano, de 54 anos, da província da Huíla. Relativamente às recuperações, a Direção Nacional de Saúde de Angola indica que 360 foram reportadas em Luanda, três no Cuanza Sul, duas no Bengo, igual número em Benguela e na Huíla, uma no Cunene, o mesmo número em Malanje, no Uíje e no Zaire, com idades de um e 87 anos. O país tem ativos 1.163 casos, dos quais seis doentes críticos, 13 graves, 61 moderados, 43 leves e 1.040 assintomáticos, estando internadas 123 pessoas, em quarentena institucional 47 e sob vigilância epidemiológica 1.301 contactos. Nas últimas 24 horas, os laboratórios processaram 1.934 amostras por RT-PCR, sendo o cumulativo de 469.747 amostras processadas até à data, com uma taxa de positividade de 5.2%. Nos pontos de entrada e saída de Luanda, as autoridades sanitárias procederam à testagem de 937 pessoas com testes rápidos serológicos, com o complemento do antigénio nos casos reativos. A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.987.891 mortos no mundo, resultantes de mais de 139 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.