Covid-19: Novos casos na Alemanha superam os 1.500 num só dia

 Os novos casos de covid-19 na Alemanha superaram os 1.500 nas últimas 24 horas, valor registado pela primeira vez em três meses, com o estado da Baviera a contabilizar 409. De acordo com o Instituto Robert Koch (RKI), houve um aumento de 1.510 casos em relação ao dia anterior, para um total de 226.914 desde o início da pandemia de covid-19, e mais sete vítimas mortais, totalizando 9.243. O número de novas infeções já não era tão alto desde 01 de maio, dia em que se contabilizaram 1.639. Na semana de 10 a 16 de agosto, a percentagem de possíveis contágios fora da Alemanha chegou aos 39% ou 2.952 casos. Na semana anterior, os contágios no estrangeiro tinham representado 34% do total. O valor estimado de casos considerados curados chegou aos 203.900, com mais 900 registados nas últimas 24 horas. O primeiro caso na Alemanha foi registado a 27 de janeiro com o pico verificado durante o mês de abril. Depois de vários meses considerados estáveis, as infeções voltaram a crescer a partir do final de julho. A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 774.832 mortos e infetou mais de 21,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 1.784 pessoas das 54.448 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Covid-19: Novos casos na Alemanha superam os 1.500 num só dia
 Os novos casos de covid-19 na Alemanha superaram os 1.500 nas últimas 24 horas, valor registado pela primeira vez em três meses, com o estado da Baviera a contabilizar 409. De acordo com o Instituto Robert Koch (RKI), houve um aumento de 1.510 casos em relação ao dia anterior, para um total de 226.914 desde o início da pandemia de covid-19, e mais sete vítimas mortais, totalizando 9.243. O número de novas infeções já não era tão alto desde 01 de maio, dia em que se contabilizaram 1.639. Na semana de 10 a 16 de agosto, a percentagem de possíveis contágios fora da Alemanha chegou aos 39% ou 2.952 casos. Na semana anterior, os contágios no estrangeiro tinham representado 34% do total. O valor estimado de casos considerados curados chegou aos 203.900, com mais 900 registados nas últimas 24 horas. O primeiro caso na Alemanha foi registado a 27 de janeiro com o pico verificado durante o mês de abril. Depois de vários meses considerados estáveis, as infeções voltaram a crescer a partir do final de julho. A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 774.832 mortos e infetou mais de 21,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 1.784 pessoas das 54.448 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.