Covid-19: Pedro Ramos admite retrocessos se for necessário depois da abertura da Madeira ao turismo

O secretário regional da Saúde e Proteção Civil admite que a Madeira poderá registar algum retrocesso, se assim for preciso, depois da abertura dos Aeroportos ao turismo. Ainda assim, Pedro Ramos garante que a Região está preparada para a terceira fase deste momento covid-19, a qual arranca a 1 de julho, com a chegada de turistas à Madeira e ao Porto Santo. O governante, que responde à comunicação social na habitual conferência de imprensa das sextas-feiras, para um balanço sobre a situação da covid-19 na Região Autónoma da Madeira, mostrou-se esperançado de que tudo irá decorrer bem, garantindo que a Região ganhou experiência, sobretudo com o cluster que se verificou em Câmara de Lobos e que obrigou à implementação de cerca sanitária.

Covid-19: Pedro Ramos admite retrocessos se for necessário depois da abertura da Madeira ao turismo
O secretário regional da Saúde e Proteção Civil admite que a Madeira poderá registar algum retrocesso, se assim for preciso, depois da abertura dos Aeroportos ao turismo. Ainda assim, Pedro Ramos garante que a Região está preparada para a terceira fase deste momento covid-19, a qual arranca a 1 de julho, com a chegada de turistas à Madeira e ao Porto Santo. O governante, que responde à comunicação social na habitual conferência de imprensa das sextas-feiras, para um balanço sobre a situação da covid-19 na Região Autónoma da Madeira, mostrou-se esperançado de que tudo irá decorrer bem, garantindo que a Região ganhou experiência, sobretudo com o cluster que se verificou em Câmara de Lobos e que obrigou à implementação de cerca sanitária.