Covid-19: Reino Unido regista 6.178 novas infeções, mais 25% do que na véspera

O Reino Unido registou 6.178 novas infeções por covid-19 nas últimas 24 horas, um aumento de 25% relativamente a terça-feira, e 37 mortes associadas à doença, informou hoje o Ministério da Saúde britânico. Na terça-feira tinham sido contabilizadas 4.926 novas infeções e igualmente 37 mortes. O total acumulado desde o início da pandemia covid-19 no Reino Unido passou hoje para 409.729 de casos de contágio confirmados e para 41.862 óbitos num período de 28 dias após um teste positivo.   O número de novos casos registado hoje está próximo do máximo diário de 6.201, registado em 01 de maio, dia em que foram contabilizadas 739 mortes, porém este é também o resultado de estarem a ser feitos mais testes no Reino Unido. A aceleração da pandemia no país levou o Governo a anunciar mais restrições a partir de quinta-feira, impondo o encerramento de bares e restaurantes às 22:00, o uso de máscaras por clientes e funcionários em espaços comerciais e recomendou que as pessoas que possam fiquem a trabalhar de casa. Os assessores científicos do Governo avisaram no início da semana que o número de infeções está a duplicar a cada sete dias, e que se este ritmo continuar, em meados de outubro o Reino Unido poderá registar 50 mil casos diários. “Cinquenta mil casos por dia levaria a, um mês mais tarde, em meados de novembro, a 200 mortes ou mais por dia”, avisou o principal assessor científico do governo, Patrick Vallance, justificando a necessidade de mais medidas para travar o contágio. 

Covid-19: Reino Unido regista 6.178 novas infeções, mais 25% do que na véspera
O Reino Unido registou 6.178 novas infeções por covid-19 nas últimas 24 horas, um aumento de 25% relativamente a terça-feira, e 37 mortes associadas à doença, informou hoje o Ministério da Saúde britânico. Na terça-feira tinham sido contabilizadas 4.926 novas infeções e igualmente 37 mortes. O total acumulado desde o início da pandemia covid-19 no Reino Unido passou hoje para 409.729 de casos de contágio confirmados e para 41.862 óbitos num período de 28 dias após um teste positivo.   O número de novos casos registado hoje está próximo do máximo diário de 6.201, registado em 01 de maio, dia em que foram contabilizadas 739 mortes, porém este é também o resultado de estarem a ser feitos mais testes no Reino Unido. A aceleração da pandemia no país levou o Governo a anunciar mais restrições a partir de quinta-feira, impondo o encerramento de bares e restaurantes às 22:00, o uso de máscaras por clientes e funcionários em espaços comerciais e recomendou que as pessoas que possam fiquem a trabalhar de casa. Os assessores científicos do Governo avisaram no início da semana que o número de infeções está a duplicar a cada sete dias, e que se este ritmo continuar, em meados de outubro o Reino Unido poderá registar 50 mil casos diários. “Cinquenta mil casos por dia levaria a, um mês mais tarde, em meados de novembro, a 200 mortes ou mais por dia”, avisou o principal assessor científico do governo, Patrick Vallance, justificando a necessidade de mais medidas para travar o contágio.