Covid-19: Sete médicos e uma enfermeira correm risco de vida

Em Portugal, sete médicos e uma enfermeira correm neste momento risco de vida, na sequência da infeção por Covid-19.   De acordo com o Correio da Manhã, citando o presidente do Sindicato de Enfermeiros Portugueses (SEP), José Correia Azevedo, há uma enfermeira na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Curry Cabral, em Lisboa e sete os médicos também em risco máximo. Outros quatro médicos estão nos cuidados intensivos no Hospital de São João, um no Hospital de Santo António, também no Porto e, nos cuidados intensivos do Curry Cabral, está um casal, acrescentou o responsável. No total há 853 profissionais de Saúde infetados, avançou ontem o secretário de Estado da Saúde, António Sales. Destes, 209 são médicos, 177 enfermeiros e 467 são de outras áreas como assistentes operacionais ou técnicos de diagnóstico. 

Covid-19: Sete médicos e uma enfermeira correm risco de vida
Em Portugal, sete médicos e uma enfermeira correm neste momento risco de vida, na sequência da infeção por Covid-19.   De acordo com o Correio da Manhã, citando o presidente do Sindicato de Enfermeiros Portugueses (SEP), José Correia Azevedo, há uma enfermeira na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Curry Cabral, em Lisboa e sete os médicos também em risco máximo. Outros quatro médicos estão nos cuidados intensivos no Hospital de São João, um no Hospital de Santo António, também no Porto e, nos cuidados intensivos do Curry Cabral, está um casal, acrescentou o responsável. No total há 853 profissionais de Saúde infetados, avançou ontem o secretário de Estado da Saúde, António Sales. Destes, 209 são médicos, 177 enfermeiros e 467 são de outras áreas como assistentes operacionais ou técnicos de diagnóstico.