Debate do ORAM e PIDDAR arranca hoje

Arranca hoje, na Assembleia Regional, o debate do Orçamento Regional, que de quatro dias irá propiciar uma análise sectorial, com votação final aprazada para sexta-feira. A Conferência dos Representantes dos Partidos aprovou esta manhã o regimento que orienta o debate do Orçamento Regional e do Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração da Região Autónoma da Madeira (PIDDAR) para 2021. Vão ser trinta (30) horas de análise e debate à volta dos dois documentos. A proposta de Orçamento Regional de 2021 tem o valor global de 2.033 milhões de euros (dois mil e trinta e três milhões de euros). Já o Plano e Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração da Região Autónoma da Madeira (PIDDAR) para o ano 2021 supera os 800 milhões de euros (800.326.994 de euros) e de acordo com o executivo madeirense “prossegue, por via das intervenções públicas a realizar, à implementação da estratégia delineada no âmbito Plano de Desenvolvimento Económico e Social - PDES para o período de programação 2021-2030 e simultaneamente, contribui para a concretização dos objetivos definidos no Programa do Governo Regional para o período 2019-2023”.

Debate do ORAM e PIDDAR arranca hoje
Arranca hoje, na Assembleia Regional, o debate do Orçamento Regional, que de quatro dias irá propiciar uma análise sectorial, com votação final aprazada para sexta-feira. A Conferência dos Representantes dos Partidos aprovou esta manhã o regimento que orienta o debate do Orçamento Regional e do Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração da Região Autónoma da Madeira (PIDDAR) para 2021. Vão ser trinta (30) horas de análise e debate à volta dos dois documentos. A proposta de Orçamento Regional de 2021 tem o valor global de 2.033 milhões de euros (dois mil e trinta e três milhões de euros). Já o Plano e Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração da Região Autónoma da Madeira (PIDDAR) para o ano 2021 supera os 800 milhões de euros (800.326.994 de euros) e de acordo com o executivo madeirense “prossegue, por via das intervenções públicas a realizar, à implementação da estratégia delineada no âmbito Plano de Desenvolvimento Económico e Social - PDES para o período de programação 2021-2030 e simultaneamente, contribui para a concretização dos objetivos definidos no Programa do Governo Regional para o período 2019-2023”.