Deputados do PSD destacam papel essencial das Casas do Povo na inclusão

O grupo parlamentar do PSD destacou, neste sábado, a importância do trabalho que é desenvolvido pelas Casas do Povo da Região junto das populações. Um serviço público meritório que, apoiado pelo Governo Regional, se revela essencial no apoio...

Deputados do PSD destacam papel essencial das Casas do Povo  na inclusão
O grupo parlamentar do PSD destacou, neste sábado, a importância do trabalho que é desenvolvido pelas Casas do Povo da Região junto das populações. Um serviço público meritório que, apoiado pelo Governo Regional, se revela essencial no apoio e na dinamização sociocultural das localidades onde se encontram, através de uma oferta variada de ocupação de tempos livres “que faz toda a diferença” para os dela usufruem. Trabalho que foi enaltecido numa visita à Casa do Povo de Santo António da Serra – que completa, este ano, 25 anos de existência – onde a deputada Cláudia Gomes fez questão de vincar o papel que estas entidades promovem, assim como também a entrega e dedicação dos seus dirigentes. “Estamos perante instituições que são exemplares nos serviços que prestam e que, diariamente, contribuem para a descentralização da oferta formativa e cultural a localidades onde nem sempre existe essa oferta de ocupação de tempos livres e é por isso que consideramos este trabalho uma mais valia para a nossa sociedade”, disse, na ocasião, a deputada Social-democrata, lembrando, também, que a entrega, o voluntariado e o espírito de missão com que os dirigentes das Casas do Povo desempenham as suas funções, dando muito de si mesmos e do seu tempo e saber à causa pública, merecem, igualmente, todo o reconhecimento. Entre outras atividades, explicou Cláudia Gomes, as 42 Casas do Povo existentes na Região promovem Cursos de Informática, de Culinária, de Costura e de Doces Tradicionais e associam-se, também, a festas temáticas que lembram e promovem a cultura local e, sobretudo, envolvem a comunidade. Isto a par da existência de Centros de Convívio, nalgumas das Casas do Povo, onde as populações têm a oportunidade de conviver e confraternizar, o que, naturalmente, é fundamental para promovermos uma participação ativa e saudável nestas organizações e na própria vida em coletivo. “É uma mais valia e uma aposta ganha do Governo Regional e é também por isso que esperamos que todo este trabalho venha a ter continuidade, em prol das populações a que se destina”, sublinhou a deputada.