Dia do Cuidador Informal assinalado na Região

Face à conjuntura atual, a Associação Nacional de Cuidadores Informais (ANCI) realiza hoje, dia 5 de novembro, na Fundação Calouste Gulbenkien, o encontro nacional de cuidadores informais que contará com a participação de entidades, profissionais, cuidadores formais e informais, no debate sobre a necessária regulamentação do Estatuto do Cuidador. No entanto, apesar das atenções estarem centradas no encontro nacional, o gabinete da ANCI da Região Autónoma da Madeira (ANCI-RAM), quis se associar a assinalar o Dia do Cuidador Informal, através de três ações sobre a efeméride. Nesse sentido, em primeiro lugar, será lançada a plataforma ‘Ajudar a Cuidar’ com um questionário que pretende fazer o levantamento e traçar o perfil do Cuidador Informal (CI), na Região. Poderá aceder através do link: https://ajudaracuidar.com. Após análise do projeto ETC da WowSystems, a Associação Nacional de Cuidadores Informais, em específico o Gabinete da ANCI-RAM, entendeu ser necessário e até imperativo, fazer antes um levantamento do número de CI e o seu perfil. O Instituto de Segurança Social da Madeira e a Associação Nacional de Cuidadores Informais, em parceria com o projeto ETC promovido pela WOWSystems, a Universidade da Madeira, a Agência Regional para o Desenvolvimento, Tecnologia e Inovação (ARDITI) e a Psiprof Clinic, estão a realizar um levantamento dos CI existentes na RAM. Foi também lançado e divulgado um vídeo informativo da estudante de mestrado em ‘Design de média e interactivos’, da Universidade da Madeira, Maria João Gouveia, que evidencia uma das respostas existente na RAM, para doentes com demência no Lugar de Memórias, espaço que resulta da parceria entre o ISSM, Garouta do Calhau e a Alzheimer Portugal, e que serve de continuidade do trabalho feito pelos CI, sendo uma das respostas sociais existentes. Este vídeo foi realizado no âmbito da cadeira de desenho de tecnologias para saúde e bem-estar, que tem como intuito a criação de tecnologias assistidas para pessoas com limitações, sob a orientação da professora Mónica Cameirão. O vídeo pode ser visionado através do seguinte link:https://www.youtube.com/watch?v=-TAjaQCHRFo&fbclid=IwAR1VeqeYwb8qSXVkzzmojeI4pMa9Sr5DdrnuWU1sDfc_b_YHfg6e4DksLr0 Por fim, o gabinete regional da ANCI (ANCI-RAM), desenvolve diversas atividades entre as quais os Grupos de Ajuda Mútua (GAM), sendo estes um instrumento de intervenção psico-social, que pode também ser encarado como uma alternativa terapêutica. Nos GAM da ANCI-RAM participam pessoas que partilham os seus problemas ou situação como CI e que se reúnem para a resolução das suas dificuldade ou satisfação de necessidades e que são orientados por um conjunto de princípios e valores que assentam no respeito pela diversidade das pessoas, das capacidades individuais, na identificação de problemas comuns e criação de recursos adequados.   O gabinete ANCI-RAM adaptou os ‘GAM´s’ à situação pandémica, recorrendo à forma online, utilizando a plataforma ZOOM.        

Dia do Cuidador Informal assinalado na Região
Face à conjuntura atual, a Associação Nacional de Cuidadores Informais (ANCI) realiza hoje, dia 5 de novembro, na Fundação Calouste Gulbenkien, o encontro nacional de cuidadores informais que contará com a participação de entidades, profissionais, cuidadores formais e informais, no debate sobre a necessária regulamentação do Estatuto do Cuidador. No entanto, apesar das atenções estarem centradas no encontro nacional, o gabinete da ANCI da Região Autónoma da Madeira (ANCI-RAM), quis se associar a assinalar o Dia do Cuidador Informal, através de três ações sobre a efeméride. Nesse sentido, em primeiro lugar, será lançada a plataforma ‘Ajudar a Cuidar’ com um questionário que pretende fazer o levantamento e traçar o perfil do Cuidador Informal (CI), na Região. Poderá aceder através do link: https://ajudaracuidar.com. Após análise do projeto ETC da WowSystems, a Associação Nacional de Cuidadores Informais, em específico o Gabinete da ANCI-RAM, entendeu ser necessário e até imperativo, fazer antes um levantamento do número de CI e o seu perfil. O Instituto de Segurança Social da Madeira e a Associação Nacional de Cuidadores Informais, em parceria com o projeto ETC promovido pela WOWSystems, a Universidade da Madeira, a Agência Regional para o Desenvolvimento, Tecnologia e Inovação (ARDITI) e a Psiprof Clinic, estão a realizar um levantamento dos CI existentes na RAM. Foi também lançado e divulgado um vídeo informativo da estudante de mestrado em ‘Design de média e interactivos’, da Universidade da Madeira, Maria João Gouveia, que evidencia uma das respostas existente na RAM, para doentes com demência no Lugar de Memórias, espaço que resulta da parceria entre o ISSM, Garouta do Calhau e a Alzheimer Portugal, e que serve de continuidade do trabalho feito pelos CI, sendo uma das respostas sociais existentes. Este vídeo foi realizado no âmbito da cadeira de desenho de tecnologias para saúde e bem-estar, que tem como intuito a criação de tecnologias assistidas para pessoas com limitações, sob a orientação da professora Mónica Cameirão. O vídeo pode ser visionado através do seguinte link:https://www.youtube.com/watch?v=-TAjaQCHRFo&fbclid=IwAR1VeqeYwb8qSXVkzzmojeI4pMa9Sr5DdrnuWU1sDfc_b_YHfg6e4DksLr0 Por fim, o gabinete regional da ANCI (ANCI-RAM), desenvolve diversas atividades entre as quais os Grupos de Ajuda Mútua (GAM), sendo estes um instrumento de intervenção psico-social, que pode também ser encarado como uma alternativa terapêutica. Nos GAM da ANCI-RAM participam pessoas que partilham os seus problemas ou situação como CI e que se reúnem para a resolução das suas dificuldade ou satisfação de necessidades e que são orientados por um conjunto de princípios e valores que assentam no respeito pela diversidade das pessoas, das capacidades individuais, na identificação de problemas comuns e criação de recursos adequados.   O gabinete ANCI-RAM adaptou os ‘GAM´s’ à situação pandémica, recorrendo à forma online, utilizando a plataforma ZOOM.