Em setembro a Saúde e Educação representaram 89% das despesas sociais

De acordo com a nota de imprensa enviada ao JM, relativamente ao boletim orçamental, no mês de setembro, é de ressalvar que “o saldo global consolidado, em contabilidade pública, dos organismos com enquadramento no perímetro da Administração...

Em setembro a Saúde e Educação representaram 89% das despesas sociais
De acordo com a nota de imprensa enviada ao JM, relativamente ao boletim orçamental, no mês de setembro, é de ressalvar que “o saldo global consolidado, em contabilidade pública, dos organismos com enquadramento no perímetro da Administração Pública Regional é de -121,7 milhões de euros, o que compara com o saldo de -2,7 milhões de euros registado em setembro de 2018. Excluindo os pagamentos de dívidas de anos anteriores aos valores da execução orçamental consolidada, que totalizaram 150,7 milhões de euros, observa-se que o saldo global é positivo em 36,7 milhões de euros”. Mais informam que mais de metade da despesa (51,7% da despesa total) foi orientada para a área social, onde se destaca o setor da Saúde (execução orçamental de 226,3 milhões de euros) e a Educação (239,6 milhões de euros), representando desta forma, 89% das despesas em funções sociais.