Emigrante português brutalmente assassinado em encontro sexual em França

Um português, de 33 anos, foi brutalmente assassinado na cidade francesa de Carbonne, perto de Toulouse. Sérgio Rodrigues, natural do concelho de Vizela, travou conhecimento com um homem de 46 anos, através de um site de encontros na internet...

Emigrante português brutalmente assassinado em encontro sexual em França
Um português, de 33 anos, foi brutalmente assassinado na cidade francesa de Carbonne, perto de Toulouse. Sérgio Rodrigues, natural do concelho de Vizela, travou conhecimento com um homem de 46 anos, através de um site de encontros na internet e acabou assassinado com pelo menos 40 facadas. O crime terá ocorrido na madrugada de sábado na residência do homicida, que se entregou às autoridades. Confessou o crime, mas alegou ter agido em legítima defesa. Foi esta segunda-feira ouvido em tribunal, de acordo com o Correio da Manhã. O jornal francês ‘La Depeche’ revelou ontem que o suspeito da morte do português havia saído da cadeia há menos de dois anos, onde cumpriu 23 anos de prisão por homicídio, de acordo com a mesma fonte.  O homicida confesso ficou de imediato sob detenção, enquanto as autoridades francesas selaram o apartamento para investigação. A família de Sérgio Rodrigues, residente em Santo Adrião, Vizela, viajou no passado domingo para França para tentar inteirar-se dos contornos do crime e tratar das formalidades legais para a trasladação do corpo. A vítima tinha uma filha de sete anos, fruto de uma relação com uma mulher francesa. O cadáver foi encontrado pelos bombeiros locais, cerca das 14h00, num verdadeiro cenário de horror, após o alerta dado pelo próprio homicida, visto a sair do apartamento com a faca na mão. O corpo de Sérgio Rodrigues apresentava dezenas de golpes em zonas vitais.