Emigrantes no Reino Unido apreensivos com vitória de Boris Johnson

A comunidade portuguesa e, em particular a madeirense, residente no Reino Unido, está apreensiva com a vitória de Boris Johnson por o considerar "um Trump", com "ideias malucas". Mas, ao mesmo tempo, está cansada destes três anos de hesitação...

Emigrantes no Reino Unido apreensivos com vitória de Boris Johnson
A comunidade portuguesa e, em particular a madeirense, residente no Reino Unido, está apreensiva com a vitória de Boris Johnson por o considerar "um Trump", com "ideias malucas". Mas, ao mesmo tempo, está cansada destes três anos de hesitação em relação ao Brexit (abandono do país da UE) e quer que tudo se resolva rapidamente para que se acabem com as indecisões. A opinião é de Eugénio Perregil, madeirense que emigrou para o Reino Unido há 24 anos mas que, com mais permanência, ali tem estado nos últimos cinco anos. Contactado pelo JM, este madeirense natural do concelho da Calheta, disse ao Jornal, à margem do IV Encontro de Investidores da Diáspora, onde participa neste momento, em Viseu, que há muita ansiedade junto dos emigrantes. Contudo, acha que os imigrantes têm sido muito bem acompanhados pelo Governo. "Acho que essa ansiedade é maior naqueles que só se baseiam nas conversas de café", refere. De resto, quem já está no país "não terá quaisquer problemas, desde que cumpra com as regras que serão ditadas", sublinha. Sobre o Brexit, Eugénio Perregil afirma que o que todos querem é que o mesmo aconteça o mais rápido possível para "que as regras do jogo fiquem claras".