Enchente para a Loja do Cidadão

Há uma longa fila para atendimento nos 22 serviços da Loja do Cidadão, no Funchal, sobretudo para resolver questões relacionadas com o cartão do cidadão e com a Segurança Social. A fila estende-se até metade da rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro. José Luís Lomelino, diretor da Loja do Cidadão, disse que todos os que se encontram na fila já tinham feito marcação prévia. No interior da Loja, os funcionários estão reduzidos a cerca de metade e em cada balcão só podem estar três pessoas. Duas em atendimento e uma em espera. Embora sem números concretos, Luís Lomelino diz que os agendamentos para esta semana estão todos preenchidos. Na rua, o distanciamento social está a ser garantido por agentes da PSP. Funcionários da Loja estão também no exterior para evitar que as pessoas que não agendaram tenham de esperar em vão.

Há uma longa fila para atendimento nos 22 serviços da Loja do Cidadão, no Funchal, sobretudo para resolver questões relacionadas com o cartão do cidadão e com a Segurança Social. A fila estende-se até metade da rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro. José Luís Lomelino, diretor da Loja do Cidadão, disse que todos os que se encontram na fila já tinham feito marcação prévia. No interior da Loja, os funcionários estão reduzidos a cerca de metade e em cada balcão só podem estar três pessoas. Duas em atendimento e uma em espera. Embora sem números concretos, Luís Lomelino diz que os agendamentos para esta semana estão todos preenchidos. Na rua, o distanciamento social está a ser garantido por agentes da PSP. Funcionários da Loja estão também no exterior para evitar que as pessoas que não agendaram tenham de esperar em vão.