Escola madeirense ganha 5000 euros na 16.ª edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho

A EB1/PE e Creche do Lombo do Guiné, esteve na passada quarta-feira, representada pelo diretor de Escola, Arlindo Carvalho e pela educadora Marisela Sousa na cerimónia da entrega dos prémios da 16ª edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho ‘Ciência...

Escola madeirense ganha 5000 euros na 16.ª edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho
A EB1/PE e Creche do Lombo do Guiné, esteve na passada quarta-feira, representada pelo diretor de Escola, Arlindo Carvalho e pela educadora Marisela Sousa na cerimónia da entrega dos prémios da 16ª edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho ‘Ciência na Escola’, na Escola Secundária José Estevão, em Aveiro. Subordinada ao tema ‘A Ciência na Escola ao Serviço do Desenvolvimento de Portugal’, este projeto visa as escolas desenvolverem projetos científicos e tecnológicos, desde a educação pré-escolar ao ensino secundário. Com 1390 ideias apresentadas a concurso, o que constitui um novo recorde do Prémio ‘Ciência na Escola’, e após as várias fases de seleção, o júri nacional revelou a listagem dos 50 vencedores desta 16ª edição. Neste particular, a EB1/PE/C do Lombo do Guiné, arrecadou dois prémios: uma menção honrosa para o projeto ‘potinhos de amizade’ e um 3º lugar para o projeto ‘Eco Bag’, representando um prémio final no valor de 5000 €, que será para equipar a escola com material lúdico-pedagógico. Esta cerimónia contou com a presença, para além dos alunos e professores das escolas premiadas, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, bem como de outras entidades. O Ministro da Educação, sublinhou que “esta sala deveria estar cheia de órgãos de comunicação social, pois estas é que são as coisas boas que deveriam ser transmitidas, pois cada um dos presentes teria certamente uma história para contar” e agradeceu “a audácia, dedicação e determinação de todas as comunidades escolares que trazem até às escolas estas iniciativas, transformando a teoria na prática”. Na opinião do diretor da Escola, este é mais um prémio do reconhecimento das boas práticas educativas desenvolvidas na escola por um corpo docente e não docente motivado, dinâmico e coeso.