Espanha: sobe para seis o número de mortos devido à chuva

Um homem de 41 anos morreu numa zona de campo na localidade de La Matanza, perto de Orihuela, segundo as autoridades de Alicante, elevando para seis o número de mortos devido às chuvas torrenciais no sudeste do país. O corpo foi descoberto...

Espanha: sobe para seis o número de mortos devido à chuva
Um homem de 41 anos morreu numa zona de campo na localidade de La Matanza, perto de Orihuela, segundo as autoridades de Alicante, elevando para seis o número de mortos devido às chuvas torrenciais no sudeste do país. O corpo foi descoberto depois de terem caído fortes chuvas no município de La Vega Baja del Segura, onde provocaram forte inundações. O homem estava desaparecido desde sexta-feira e é a segunda vítima mortal das chuvas torrenciais na Comunidade Valenciana e a sexta a nivel nacional. As chuvas torrenciais que desde quinta-feira atingem o sudeste de Espanha já provocaram seis mortos e forçaram a retirada de pelo menos 3.500 pessoas, fizeram transbordar do rio Segura em várias zonas e provocaram graves danos materiais e económicos. O temporal obrigou ao encerramento de muitas estradas nas províncias de Valência, Alicante, Múrcia, Almeria e Albacete, à interrupção da circulação ferroviária em Múrcia e parcialmente em Valência, e à suspensão do tráfego aéreo em Almeria e Múrcia. A Agência estatal de meteorologia (AEMET) prevê que as chuvas se estendam no fim de semana à maioria do país, apesar de mais fracas. O mau tempo que atinge o sudeste espanhol deverá afetar de forma menos severa Portugal continental, para onde estão previstos aguaceiros e trovoadas a partir de sábado, segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).