Exposição 'Refúgios, duas Ilhas, uma Vida' para visitar em Câmara de Lobos

Decorreu hoje, na Casa da Cultura de Câmara de Lobos, a abertura da nova exposição de pintura denominada por “Refúgios, duas Ilhas, uma Vida!”, de Ana de Sousa. Esta é a primeira exposição da artista na Região. A mesma ficará patente até o dia 12 de junho.  Esta nova exposição de pintura “Refúgios, duas Ilhas, uma Vida!” marca, de forma definitiva, a entrada da pintora Ana de Sousa no panorama artístico regional. Segundo a artista, foi nas tintas que encontrou a melhor forma de se refugiar, de se expressar e de exteriorizar um misto de emoções e sentimentos. O seu trabalho transcende o real, no ato criativo, ao eternizar pensamentos, emoções e sonhos. A exposição é composta por 25 obras de pintura, utilizando a técnica de acrílico sobre tela e apresenta um conjunto de cenários utópicos que enriquecem o imaginário criativo da artista e de quem usufruir das obras expostas. A natureza, aves, árvores, água, flores, barcos como metáfora de viagens, os anjos, o diabo, o jogo, como forma de entretenimento, o bordado e outros apontamentos da cultura tradicional madeirense, são temas aglutinadores das obras em exposição. A artista Ana de Sousa nasceu no dia 1 de abril de 1961, na freguesia de Santo António. Em 2004 decidiu emigrar para Londres, onde começou a trabalhar como modista, mas foi na pintura que encontrou a sua verdadeira paixão artística. Em 2012 foi convidada por uma amiga a frequentar aulas de pintura na Federation of British Artists. Em novembro de 2013, participou na exposição coletiva Fifty Artists 50 Years da Mall Galleries, London e no ano a seguir, integrou outra exposição coletiva que esteve patente na The National Gallery, organizada pela Federation of British Artists. Com o acolhimento destes trabalhos de artes plásticas em exposição, a autarquia de Câmara de Lobos, pretende, dar continuidade e incentivo a artistas consagrados e emergentes, que pretendam expor as suas obras nos espaços culturais do município. A exposição poderá ser visitada por todos os interessados, de segunda-feira a sexta-feira, das 09H00 às 19H00.

Exposição 'Refúgios, duas Ilhas, uma Vida' para visitar em Câmara de Lobos
Decorreu hoje, na Casa da Cultura de Câmara de Lobos, a abertura da nova exposição de pintura denominada por “Refúgios, duas Ilhas, uma Vida!”, de Ana de Sousa. Esta é a primeira exposição da artista na Região. A mesma ficará patente até o dia 12 de junho.  Esta nova exposição de pintura “Refúgios, duas Ilhas, uma Vida!” marca, de forma definitiva, a entrada da pintora Ana de Sousa no panorama artístico regional. Segundo a artista, foi nas tintas que encontrou a melhor forma de se refugiar, de se expressar e de exteriorizar um misto de emoções e sentimentos. O seu trabalho transcende o real, no ato criativo, ao eternizar pensamentos, emoções e sonhos. A exposição é composta por 25 obras de pintura, utilizando a técnica de acrílico sobre tela e apresenta um conjunto de cenários utópicos que enriquecem o imaginário criativo da artista e de quem usufruir das obras expostas. A natureza, aves, árvores, água, flores, barcos como metáfora de viagens, os anjos, o diabo, o jogo, como forma de entretenimento, o bordado e outros apontamentos da cultura tradicional madeirense, são temas aglutinadores das obras em exposição. A artista Ana de Sousa nasceu no dia 1 de abril de 1961, na freguesia de Santo António. Em 2004 decidiu emigrar para Londres, onde começou a trabalhar como modista, mas foi na pintura que encontrou a sua verdadeira paixão artística. Em 2012 foi convidada por uma amiga a frequentar aulas de pintura na Federation of British Artists. Em novembro de 2013, participou na exposição coletiva Fifty Artists 50 Years da Mall Galleries, London e no ano a seguir, integrou outra exposição coletiva que esteve patente na The National Gallery, organizada pela Federation of British Artists. Com o acolhimento destes trabalhos de artes plásticas em exposição, a autarquia de Câmara de Lobos, pretende, dar continuidade e incentivo a artistas consagrados e emergentes, que pretendam expor as suas obras nos espaços culturais do município. A exposição poderá ser visitada por todos os interessados, de segunda-feira a sexta-feira, das 09H00 às 19H00.