Família da mãe que abandonou bebé no lixo quer ficar com a guarda da criança

Avança o Expresso que a família de Sara Furtado, que abandonou bebé num caixote de lixo na via pública, tem contactado entidades do consulado de Cabo Verde em Portugal e movido diversas diligências para conseguirem ficar com a guarda do menino...

Família da mãe que abandonou bebé no lixo quer ficar com a guarda da criança
Avança o Expresso que a família de Sara Furtado, que abandonou bebé num caixote de lixo na via pública, tem contactado entidades do consulado de Cabo Verde em Portugal e movido diversas diligências para conseguirem ficar com a guarda do menino que foi jogado ao lixo a 5 de novembro,na zona de Santa Apolónia, Lisboa,  A mesma fonte, citada pela Impala, afirma que a decisão será eventualmente tomada pelos tribunais portugueses, no entanto, e para já, o menino ficará ao cuidado de uma família de acolhimento. Recorde-se que um pedido de ‘habeas corpus’ foi submetido a 11 de novembro a um grupo de advogados, alegando que a jovem deveria ser suspeita de “exposição ou abandono”, crime que não permite que a prisão preventiva seja aplicada. E em menos de 24 horas, o pedido foi rejeitado pelo Supremo Tribunal de Justiça que considera que o ato foi premeditado, uma vez que a arguida ocultou a gravidez, muniu-se de um saco de plástico para o efeito e depositou o filho acabado de nascer num caixote do lixo na via pública.