Fechados em casa

Fechados em casa. Cada vez mais. As ruas vazias do Funchal multiplicam-se por toda a ilha. O JM de hoje fez uma ronda ontem por alguns concelhos da Região. Machico parece uma cidade fantasma. Em Santa Cruz, o silêncio é interrompido pelo barulho dos aviões. Em Câmara de Lobos, os bares estão fechados e os pescadores em terra. Tudo por causa da pandemia. Nesta edição, pode ler-se ainda na primeira página que representantes das comunidades na Venezuela, Londres e Jersey estranham silêncio sobre a emigração que também sofre com o drama do coronavírus. E sobre o coronavírus, saiba que a Região tem já seis casos positivos e quatro aguardam confirmação.Uma ambulância transportou, ontem à tarde, mais três suspeitos de contágio. No nosso Jornal, pode ler ainda que a PSP convocou para o serviço um agente em quarentena. Tem ainda oportunidade de conhecer as novas medidas de restrição e fique a saber que a quarentena obrigatória declarada na Região carece de autorização de Lisboa. Mas há mais. Leia o JM! 

Fechados em casa
Fechados em casa. Cada vez mais. As ruas vazias do Funchal multiplicam-se por toda a ilha. O JM de hoje fez uma ronda ontem por alguns concelhos da Região. Machico parece uma cidade fantasma. Em Santa Cruz, o silêncio é interrompido pelo barulho dos aviões. Em Câmara de Lobos, os bares estão fechados e os pescadores em terra. Tudo por causa da pandemia. Nesta edição, pode ler-se ainda na primeira página que representantes das comunidades na Venezuela, Londres e Jersey estranham silêncio sobre a emigração que também sofre com o drama do coronavírus. E sobre o coronavírus, saiba que a Região tem já seis casos positivos e quatro aguardam confirmação.Uma ambulância transportou, ontem à tarde, mais três suspeitos de contágio. No nosso Jornal, pode ler ainda que a PSP convocou para o serviço um agente em quarentena. Tem ainda oportunidade de conhecer as novas medidas de restrição e fique a saber que a quarentena obrigatória declarada na Região carece de autorização de Lisboa. Mas há mais. Leia o JM!