Festival de música coral hoje e amanhã na Calheta

É na Calheta, mais precisamente no Auditório do MUDAS.Museu de Arte Contemporânea da Madeira que se irá realizar, hoje e amanhã, o I Festival de Grupos Corais da R.A.M. - João Victor Costa. Dez grupos de diferentes localidades da Região irão...

Festival de música coral hoje e amanhã na Calheta
É na Calheta, mais precisamente no Auditório do MUDAS.Museu de Arte Contemporânea da Madeira que se irá realizar, hoje e amanhã, o I Festival de Grupos Corais da R.A.M. - João Victor Costa. Dez grupos de diferentes localidades da Região irão abrilhantar o evento, de entrada gratuita, que contará com cinco participantes em cada dia, a partir das 16 horas. O programa arranca com a música do anfitrião, o Grupo Coral do Arco da Calheta, que levará temas como ‘A Barquinha Feiticeira’, ‘Serões da Aldeia’ e ‘Baile dos Calções’. Com sede própria, após 14 anos de existência, este projeto do Arco da Calheta nasceu em 1987, fundado por Carlos Moniz e sob a direção artística do maestro e tenor João Victor Costa, já falecido e que é homenageado neste evento. Tendo como objetivo principal divulgar a música tradicional madeirense, também possui um vasto repertório religioso feito exclusivamente por este maestro para o grupo, com o qual soleniza diversas missas por toda a Madeira. É também “ponto de honra” deste grupo intensificar o espírito coralista, valorizando “a camaradagem, o civismo e a boa disposição, procurando estabelecer sempre um contacto direto com a população”. Conta, atualmente, com 19 elementos.   Repertório variado Os vários grupos participantes vão trazer boa música e diversificada, que incidirá principalmente em temas dedicados à Madeira e Porto Santo e vários do maestro João Victor Costa, mas sem esquecer clássicos como ‘Can´t help falling in love’, ‘All you need is love’ ou mais ‘pop’, de cantores como Bono, Ed Sheeran e Radiohead. Hoje, dia 2 de novembro, depois dos anfitriões, será a vez do Coro da Catedral, do Grupo Coral da Ponta do Sol, do Grupo Coral do Porto Moniz e do Grupo Coral de Santa Joana. No dia 3, volta a abrir com os promotores do festival, seguindo-se as atuações do Grupo Coral Padre Dehon, do Grupo Coral São Roque do Faial, Grupo Coral dos CTT, Grupo Coral de Machico e, a terminar, do Grupo Coral de São Vicente.