Francisco Franco coloca 448 alunos no Ensino Superior

A Escola Secundária de Francisco Franco colocou 448 alunos dos 485 que apresentaram candidatura ao ensino superior de acordo com os resultados do concurso nacional de acesso 2019, ontem divulgados, relativamente à primeira fase de candidatura....

Francisco Franco coloca 448 alunos no Ensino Superior
A Escola Secundária de Francisco Franco colocou 448 alunos dos 485 que apresentaram candidatura ao ensino superior de acordo com os resultados do concurso nacional de acesso 2019, ontem divulgados, relativamente à primeira fase de candidatura. Dos candidatos da Francisco Franco que concorreram ao ensino superior público português, 69 % dos alunos conseguiu colocação na primeira opção, 19% na segunda; 6% na terceira; 4%  na quarta e 2% na quinta. Em termos de colocações na primeira opção, os estudantes da Francisco Franco ficaram 15,9% acima da média nacional que foi de 53,1%. De entre o top três dos cursos com as mais altas médias de ingresso, a Francisco Franco teve alunos que ingressaram no curso de Engenharia Aeroespacial, do Instituto Superior Técnico de Lisboa e no de Bioengenharia da Universidade do Porto, sem recorrem ao contingente da Madeira. Os dez cursos de ensino superior público com mais colocações, de acordo com a ‘estatística de candidatos e colocados do ENES 2019’, foram os seguintes: Gestão (47 colocados); Medicina (27); Engenharia Informática (20); Economia (16); Biologia (14); Direito (13); Línguas e Relações Empresariais (13); Design (12); Estudos da Cultura (12) e Enfermagem (10). Relativamente aos estabelecimentos de ensino superior, a Universidade da Madeira, através das suas quatro Faculdades (Artes e Humanidades; Ciências Sociais; Ciências Exatas e da Engenharia e Ciências da Vida), recebe 159 alunos da Francisco Franco. Seguem-se, por número de colocações, o ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa; Universidade do Minho; Instituto Superior Técnico de Lisboa; Faculdade de Letras e de Direito da Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto; Universidade da Beira Interior e Universidade Nova da Lisboa.