Funchal será palco em outubro de 'Mariofa', um festival inédito de marionetas

A Madeira vai receber de 10 a 12 de outubro algo inédito, um evento de três dias inteiramente dedicado ao mundo imaginário das marionetas e que ganhará vida através de grupos internacionais e nacionais. O ‘Festival Mariofa’ resulta de “um sonho...

Funchal será palco em outubro de 'Mariofa', um festival inédito  de marionetas
A Madeira vai receber de 10 a 12 de outubro algo inédito, um evento de três dias inteiramente dedicado ao mundo imaginário das marionetas e que ganhará vida através de grupos internacionais e nacionais. O ‘Festival Mariofa’ resulta de “um sonho de há largos anos” da Associação Nuvem Aquarela - que tem o projeto ‘Aquarela Teatro de Fantoches’ -, que encontrou no Departamento de Cultura da Câmara Municipal do Funchal o “parceiro ideal, uma vez que também este já almejava realizar um projeto do género há algum tempo”, explicou ao JM Marlene Ribeiro, da organização. Assim, esta coprodução entre a Associação Nuvem Aquarela e a autarquia pretende oferecer à capital madeirense “um reencontro com a magia e o fantástico das marionetas, bem como promover uma reflexão sobre a história/presença do teatro de marionetas na nossa ilha”.  Tendo como intuito “levar o teatro de marionetas a mais públicos”, o ‘Festival Mariofa’ pretende atingir esse objetivo “convidando outros artistas, nacionais e internacionais, a partilharem as diferentes linguagens no domínio da cultura da marioneta e, sobretudo, contagiar mais artistas regionais para a Arte da Marioneta”, revelou ainda a promotora. Com quase uma dezena de convidados, o programa será animado por A Bolha - Teatro com Marionetas; José Gil, da S.A. Marionetas - Teatro e Bonecos; Casa Invisível; Marionetas da Cris; professor Clive Chandler, que vem de Birmingham, na Inglaterra, e um grupo galego, além do anfitrião, Aquarela. Estão previstos mais grupos, que a organização revelará posteriormente, e que animarão vários pontos da baixa citadina, seja no Teatro Municipal Baltazar Dias, no Sé Boutique Hotel ou ainda com espetáculos de rua. O programa do ‘Festival Mariofa’ será diversificado e terá como um dos pontos altos uma “homenagem a uma figura relevante no panorama artístico da nossa ilha, particularmente no papel fulcral que teve no âmbito do teatro de marionetas, nas suas demais variantes”. Também haverá um ‘workshop’ para “fomentar o interesse nesta área, apostando em novas técnicas de construção e de manipulação de marionetas direcionadas ao público geral”. Com duas produções originais de dois projetos regionais, um deles a dar os primeiros passos, o evento irá incluir ainda “um espetáculo de marionetas para adultos, num registo mais intimista e experimentalista, no terraço do Sé Boutique Hotel”.  Pode ler mais na edição impressa de hoje.